Acervo Estadão
Acervo Estadão

Gravação inédita de John Lennon feita na Dinamarca vai ser leiloada

Uma fita cassete com uma gravação de John Lennon tocando uma música inédita, produzida em 1970 durante uma viagem à Dinamarca, será colocada à venda em 28 de setembro

AFP, Dinamarca

14 de setembro de 2021 | 16h36

Estimada entre 27 mil e 40 mil euros (31.800 e 47.100 dólares), uma gravação com duração de 33 minutos será leiloada por quatro homens que conheceram o cantor dos Beatles enquanto ele passava parte do inverno de 1969-1970 em um canto distante da costa oeste da Dinamarca. “A gravação é totalmente original porque é originada de uma conversa. Ela aconteceu após (uma) coletiva de imprensa, com os quatro alunos do ensino médio, alguns jornalistas e John Lennon tocando algumas músicas para eles. Uma delas, chamada Radio Peace, nunca foi publicada", disse Alexa Bruun Rasmussen, chefe da casa de leilões Bruun Rasmussen, à AFP.

"É uma pequena parte da história dinamarquesa e quando você a ouve, pode dizer que John Lennon se sentiu bem na Dinamarca. Ele foi deixado tranquilo e pode simplesmente viver sua vida", afirmou. No final de dezembro de 1969, em um episódio pouco conhecido, John Lennon chegou ao país escandinavo com Yoko Ono para se aproximar de Kyoko, filha de Yoko, que vivia com o pai na Jutlândia. A visita, que durou apenas algumas semanas, inicialmente passou despercebida, mas depois veio à tona e a estrela organizou uma coletiva de imprensa.

Depois de uma combinação de circunstâncias aleatórias, os quatro alunos do ensino médio acabaram entrevistando-o após a cerimônia oficial, em um ambiente descontraído. "Acho que eles experimentaram o 'hygge'", um estilo de vida dinamarquesa que enfatiza o bem-estar na vida cotidiana, brincou Bruun Rasmussen. Os adolescentes estavam especialmente interessados no ativismo pacifista do músico, alguns meses antes da dissolução dos Beatles.

"Com este leilão, querem passar a mensagem de John Lennon", disse Bruun Rasmussen. A gravação será vendida com as fotos do encontro e a edição do jornal escolar que o relata. “Para ouvir os 33 minutos da fita cassete é necessário um bom e velho toca-fitas e acho que parte da nostalgia agrega valor”, acrescentou.

Tudo o que sabemos sobre:
Yoko OnoDinamarca [Europa]John Lennon

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.