Frances Silver
Frances Silver

Filha de Woody Allen reafirma abuso sexual aos 7 anos

Dylan Farrow questionou o motivo das denúncias contra o pai não o impedirem de conseguir um novo contrato para o próximo filme

O Estado de S.Paulo

17 Janeiro 2018 | 11h04

Em entrevista para ao canal norte-americano CBS, a filha de Woody Allen com Mia Farrow, Dylan Farrow, confirmou ter sido abusada sexualmente pelo pai aos 7 anos, em 1992. 

+ Rebecca Hall diz que se arrepende de trabalhar com Woody Allen

De acordo com Dylan, o abuso teria ocorrido no sótão de casa, quando o pai a teria levado para lá. "Estou falando a verdade e acho importante que as pessoas entendam que vítimas importam e são capazes de mudar as coisas", disse. O diretor negou todas as acusações.

Uma nova denúncia surgiu quando Dylan publicou uma carta aberta no jornal The Los Angeles Times. No texto ela questiona o fato do pai ter conseguido um contrato de filme quando denúncias contra o produtor Harvey Weinstein foram efetivas. "Qual o motivo de Harvey Weinstein e outras celebridades acusadas de abuso terem sido banidas de Hollywood enquanto Allen recentemente conseguiu um contrato milionário de distribuição de seu próximo filme?"

** Análise: Moralistas podem ser tão nocivos à sociedade quanto os assediadores

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.