Foo Fighters nega rumores de separação em novo vídeo; veja
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Foo Fighters nega rumores de separação em novo vídeo; veja

03 de março de 2016 | 11h51

davevideoRumores e boatos sobre a separação dos Foo Fighters circularam na mídia especializada no mundo todo esta semana – a apresentação solo de Dave Grohl na cerimônia do Oscar contribuiu para as especulações. A banda anunciou que faria um anúncio oficial na noite desta quarta-feira, 2, e o fez em um vídeo bem engraçadinho. Veja:

O clipe abre com as manchetes de jornais reais sobre os rumores e a possibilidade de Dave Grohl engatar uma carreira solo. Em seguida, ele aparece conversando com o produtor Butch Vig, e diz estar pensando mesmo no assunto (em um tom bastante irônico). “Havia algo sobre estar no palco sozinho… e nada contra aqueles caras, eu amo eles, eles me amam, mas eu acho que eles ficariam muito felizes por mim”, diz Grohl.

Os outros membros do Foo Fighters então se reúnem para decidir quem pode assumir o lugar do vocalista. Phil Collins, Chris Cornell, Eddie Vedder, Prince, Sammy Hagar, Billy Corgan, Liam Gallagher e até Gwen Stefani e Justin Bieber são cotados para a “vaga”.

Enquanto isso, Grohl canta uma balada hilária usando uma batida programada em um teclado. “Eu quero ser livre, livre para ser eu / você não pode ver, que agora sou só eu?”, ele canta. “Agora estou livre para ser apenas eu / só eu, e não aqueles outros três, ou quatro, ou quantos mais”, continua.

“Pela milionésima vez, nós não estamos nos separando”, diz um texto ao final do vídeo. “E ninguém está começando uma carreira solo, c*****.”

Em janeiro, o baterista Taylor Hawkins comentou o status da banda em uma entrevista ao programa Artisan News, dizendo que o Foo Fighters está em um hiato. “Não é porque nós não nos amamos, ou porque não queremos fazer música juntos, mas fizemos tanto nos últimos cinco ou seis anos que sentimos que o mundo precisa de um intervalo de nós por um tempinho”, disse.

+ Foo Fighters divulga EP com cinco músicas inéditas e homenagens a vítimas de Paris

Tudo o que sabemos sobre:

Dave GrohlFoo Fightersmúsica