Iara Morselli/Estadão
Iara Morselli/Estadão

Com covid-19, Tarcísio Meira e Gloria Menezes seguem internados

Hospital Albert Einstein divulgou boletim médico sobre estado de saúde do casal

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de agosto de 2021 | 18h13

Os atores Tarcísio Meira e Gloria Menezes seguem internados com covid-19 no Hospital Israelita Albert Einstein, de acordo com boletim médico divulgado na tarde desta terça-feira, 10.

Meira continua recebendo tratamento na UTI do hospital, enquanto Gloria se recupera em apartamento, segundo as informações mais recentes. O ator tem 85 anos e a atriz, 86.

A informação de que o casal havia sido internado para tratar a covid-19 foi confirmada neste sábado, 7, por Mocita Fagundes, casada com Tarcísio Filho e nora do casal, em um post no Instagram.

Neste domingo, 8, o filho do casal afirmou em entrevista ao jornal O Globo que eles 'estão bem'.

Leia a íntegra do comunicado divulgado pelo hospital:

"O senhor Tarcísio Meira e senhora Gloria Menezes encontram-se internados no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, na unidade Morumbi, desde o dia 06 de agosto para o tratamento de complicações ocorridas por COVID-19. O senhor Tarcísio se encontra em tratamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com apoio de ventilação mecânica invasiva e diálise contínua. A senhora Gloria está se recuperando bem, em apartamento, e em desmame de oxigênio nasal."

Os atores já haviam recebido a segunda dose da vacina contra o novo coronavírus no último mês de março. Cabe ressaltar que a infecção em pessoas que já foram imunizadas não indica ineficácia de vacinas (clique aqui para entender mais).

Com contrato fixo na Globo desde 1967, quando estiveram na novela Sangue e Areia, Tarcísio Meira e Glória Menezes não tiveram seu contrato renovado em setembro de 2020. Considerado um dos casais mais longevos da dramaturgia nacional, os dois contracenaram na primeira novela diária da história da televisão brasileira, 2-5499 Ocupado, da TV Excelsior, em 1963.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.