Dan Coelho
Dan Coelho

Musical 'Nelson Gonçalves - O Amor e o Tempo' chega a São Paulo

Espetáculo com roteiro de Gabriel Chalita é estrelado por Guilherme Logullo e Jullie e traça um diálogo entre a razão e o sentimento do cantor Nelson Gonçalves

Ubiratan Brasil, O Estado de S. Paulo

03 de maio de 2019 | 03h00

Depois de uma temporada de sucesso no Rio de Janeiro, os atores Guilherme Logullo e Jullie chegam a São Paulo com o musical Nelson Gonçalves – O Amor e o Tempo, que estreia nesta sexta-feira, 3, no Teatro Gazeta. Trata-se de uma singela homenagem a um dos maiores cantores da música brasileira, cujo nascimento completa 100 anos em junho – ele morreu em 1998, antes de chegar aos 79 anos.

Em cena, a dupla não conta a história de Nelson Gonçalves, o intérprete de clássicos como Chão de Estrelas, Carinhoso e Rosa de forma cronológica – sentimentos e emoções que Nelson revelava em suas canções formam o ponto de partida.

O projeto nasceu de um desejo de Logullo, um dos principais atores do musical brasileiro. “Fiquei fascinado com a figura do Nelson quando fazia pesquisa para um personagem e também me encantei com a semelhança do nosso registro vocal”, conta ele que, da admiração, partiu para a prática ao decidir produzir o espetáculo, estreando nessa dura função. Para isso, contou com importantes colaboradores.

A começar por Jullie, atriz que personifica com precisão os sentimentos do cantor e sua linguagem poética. Outra figura fundamental é Tânia Nardini, que assina a direção – coreógrafa de formação, ela criou cenas em que a dança complementa os diálogos nas diversas fases da vida de Gonçalves. “Enquanto ela simboliza o lado mais racional, aquele capaz de dizer ‘não’, ele mostra o lado mais emocional, delicado”, explica Tânia, que se valeu também do roteiro especialmente escrito por Gabriel Chalita. “É um texto poético, quase sem diálogos, permitindo que os atores se apropriassem das canções como forma de expressão.”

Foi a intenção do autor. “Quis escrever um texto que, de alguma forma, fugisse um pouco dos musicais tradicionais. Nelson Gonçalves foi um homem que amou profundamente e que, também por isso, sofreu. O musical traça um diálogo entre a razão e a emoção, reforçado pela força e dramaticidade das canções interpretadas por ele”, explica Chalita.

NELSON GONÇALVES – O AMOR E O TEMPO

Teatro Gazeta. Avenida Paulista, 900. 6ª, 21h. Sáb., 20h. Dom., 18h. R$ 80. Até 30/6

Tudo o que sabemos sobre:
musical [teatro]Nelson Gonçalves

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.