Serjão Carvalho/ Estadão
Serjão Carvalho/ Estadão

Regina Duarte também convoca população para manifestação contra o Congresso

Em post no Instagram, a atriz comentou a mensagem que 'o presidente Jair Bolsonaro está disparando de seu celular pessoal' e usou a expressão 'Nas ruas!' para incentivar a população

Maria Fernanda Rodrigues, O Estado de S. Paulo

26 de fevereiro de 2020 | 08h28

Futura secretária especial da Cultura, Regina Duarte postou no fim da noite desta terça-feira, 25, em sua conta no Instagram, um texto incentivando as pessoas a irem às ruas no dia 15 de março. A mensagem é dividida em duas, e fala sobre a motivação da manifestação - "em defesa do governo e contra o Congresso Nacional".

Na primeira imagem, a mesma divulgada por Bolsonaro para seus contatos e postada duas vezes por Regina Duarte, está escrito: "15 de março. Gen Heleno/Cap Bolsonaro. O Brasil é nosso, não dos políticos de sempre".

Na segunda imagem, que aparece na postagem mais recente, lemos: "O presidente Jair Bolsonaro está disparando de seu celular pessoal um vídeo em tom dramático que mostra a facada que sofreu em 2018 em Juiz de Fora para dizer que 'quase morreu' para defender o País e agora precisa que as pessoas vão às ruas no dia 15 de março para defendê-lo. O ato do dia 15 de março está sendo convocado por movimentos de direita em defesa do governo e contra o Congresso".

Até o começo da manhã desta quarta-feira, 26, quase 30 mil pessoas já tinham curtido cada um dos posts. Algumas pessoas a criticaram, outras disseram que se tratava de fake news criada pela imprensa para pedir o impeachment de Jair Bolsonaro, mas a maioria apoiou a mensagem da atriz. A notícia de que o presidente Jair Bolonaro divulgou mais de um vídeo defendendo a manifestação do dia 15 de março foi dada na noite desta terça, 25, pelo Estado.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Regina (@reginaduarte) on

Há quase um mês, no dia 29 de janeiro, Regina Duarte aceitou ser secretária especial de Cultura no lugar de Roberto Alvim, demitido após usar trecho de discurso nazista durante a apresentação de um novo prêmio nacional de cultura. Até agora, porém, ela ainda não foi nomeada oficialmente.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.