Babel: Depois de NY, festival da Revista Pessoa chega a Lisboa
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Babel: Depois de NY, festival da Revista Pessoa chega a Lisboa

E mais: Outros detalhes sobre o The Pessoa Session, os livros mais vendidos de Hemingway nos 120 anos de seu nascimento; Três Muheres, de Lisa Taddeo, com lançamento pela HarperCollins Brasil

Maria Fernanda Rodrigues

20 de julho de 2019 | 03h00

EVENTO – 1 
The Pessoa Festival reúne autores lusófonos em Lisboa

revista pessoa

Autor de Nunca o Nome do Menino, Tempo de Espalhar Pedras (Prêmio São Paulo de Literatura) e O Corpo Erótico das Palavras, livro lançado agora sobre a obra de Raduan Nassar, Estevão Azevedo (foto) é um dos convidados de um novo festival literário que será realizado entre 13 e 16 de novembro, em Lisboa. The Pessoa Session é um desdobramento do The Pessoa Festival, criado no ano passado por Mirna Queiroz, da Revista Pessoa, e por Eric M. B. Becker, tradutor e editor da revista World Without Borders, que promoveu o encontro entre autores brasileiros e americanos em Nova York. O convite para que a dupla levasse o evento para Portugal partiu de um empreendimento hoteleiro interessado em ingressar no turismo literário e cujo nome combina com o do festival: o Lisboa Pessoa Hotel.

EVENTO – 2
Uma cidade literária
O hotel que vai abrigar o The Pessoa Session fica no Chiado, no mesmo endereço onde funcionou a Tipografia do Comércio – que, em 1915, imprimiu os dois números da revista Orpheu.
*
O festival também contará com a presença de Ana Kiffer, Alexandre Vidal Porto e Carolina Rodrigues, daqui; Lucilio Manjate, de Moçambique; e Djaimilia Pereira de Almeida e João Luis Barreto Guimarães, de Portugal. Haverá debates, um circuito turístico pelo patrimônio literário de Lisboa, uma sessão amadora de leitura de poemas ou contos de autores de língua portuguesa e o concerto Um Poema e Um Violão, com Luca Argel, brasileiro que vive no Porto.

EVENTO – 3
A nova literatura
Durante o festival será lançada a coletânea bilíngue Pessoa – The Picture Alive: New Writing in Portuguese, com textos de autores que participam dos encontros. A edição discute, ainda, traços e tendências da literatura contemporânea lusófona, com Pedro Meira Monteiro (Princeton), Leonardo Tonus (Sorbonne) e Clara Rowland (Universidade Nova de Lisboa), entre outros temas.

AGÊNCIA
Para os pequenos
Camila Werner, que desde o início do ano cuida dos livros infantojuvenis dos autores da MTS, acaba de levar Lalau e Laurabeatriz para a agência de Marianna Teixeira Soares.

NÃO FICÇÃO
Hemingway, 120

Ernest Hemingway

(Foto: US National Archives)

Nos 120 anos do nascimento de Ernest Hemingway (1899-1961; foto), lembrados neste domingo, 21, uma curiosidade sobre a preferência de seus leitores no Brasil. O Velho e o Mar, que está chegando à sua 100.ª edição, é seu livro mais vendido aqui – e o número de exemplares comercializados pela Bertrand corresponde a mais do que o dobro de seus outros best-sellers juntos: Paris É Uma Festa, Por Quem Os Sinos Dobram, Adeus às Armas e O Sol Também se Levanta.

NÃO FICÇÃO
Com toque literário
Ao longo de oito anos, a jornalista e escritora americana Lisa Taddeo atravessou os Estados Unidos algumas vezes para conhecer histórias de mulheres comuns de diferentes regiões e origens. No livro que está fazendo sucesso nos EUA e que chega aqui em outubro, pela HarperCollins Brasil, ela se concentrou em Lina, Maggie e Sloane e, por meio de suas narrativas, faz, em Três Mulheres, um retrato das mulheres e seus desejos eróticos.

Tudo o que sabemos sobre:

Mercado EditorialErnest Hemingway

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.