West Side Story, um clássico de cara nova

Musical que provocou revolução temática na Broadway volta com extras em CD duplo

Antonio Gonçalves Filho, O Estado de S.Paulo

03 de maio de 2008 | 22h16

Dez clássicos da Fox, oito deles com extra inéditos, acabam de chegar às lojas, destacando-se um dos musicais mais premiados da história de Hollywood, West Side Story, DVD duplo que traz, além do filme dirigido por Robert Wise e coreografado por Jerome Robbins, muito extras no disco 2, entre eles a montagem comparativa do storyboard com a edição final, as músicas que tocavam no intervalo do filme (longo, com 155 minutos) e os trailers originais da obra, que faturou dez prêmios Oscar em 1961.No pacote da Fox, chamado Cinema Reserve, destacam-se, entre os títulos, Perdidos na Noite (Midnight Cowboy), o filme-síntese da Nova York contracultural dos anos 1960, A Malvada (All About Eve), Patton - Rebelde ou Herói? (Patton), O Canhoneiro do Yan-Tsé (The Sand Peebles) e Quanto Mais Quente Melhor (Some Like it Hot).West Side Story é um clássico atualíssimo. Mostra como nasceram há meio século as gangues de rua de Nova York, formadas por rebeldes adolescentes americanos que disputavam, palmo a palmo, território com imigrantes. No filme, Tony (Richard Beymer), líder da gangue dos Jets, apaixona-se por Maria (Natalie Wood), irmã do chefe do bando rival, os Sharks, integrado por jovens porto-riquenhos.A exemplo da clássica tragédia de Shakespeare, Romeu e Julieta, essa rivalidade leva à morte no comovente musical composto pelo maestro Leonard Bernstein com letras escritas por Stephen Sondheim. A dupla usa o conflito entre as gangues para revelar o quanto a xenofobia marcou negativamente a cultura americana, culminando nos atos de intolerância registrados hoje contra estrangeiros nos EUA.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.