Frederic J. Brown/AFP
Frederic J. Brown/AFP

'Game of Thrones' ganha, mas Emmy consagra 'Fleabag' e 'Chernobyl'; veja a lista dos vencedores

Principal premiação da televisão, e do streaming, o Emmy entregou suas estatuetas na noite deste domingo, 22

Redação, O Estado de S. Paulo

22 de setembro de 2019 | 21h21
Atualizado 18 de outubro de 2019 | 17h53

Game of Thrones, em ano de despedida, foi a melhor série de drama do Emmy 2019. A série com mais indicações deste ano não bateu seu recorde, de 12 estatuetas. Fleabag ganhou como a melhor série de comédia e Chernobyl, como a melhor minissérie. A cerimônia de premiação do 71.º Emmy foi realizada na noite deste domingo, 22, em Los Angeles.

Esta é foi a primeira vez em 16 anos que a premiação não contou com um apresentador. Logo na abertura, apareceram Homer Simpson, Anthony Anderson, Bryan Cranston e Ben Stiller. 

"A televisão nunca foi tão grande. A televisão nunca importou tanto. E a televisão nunca foi tão boa", disse Cranston, estrela de Breaking Bad.

Como o número de categorias é alto - 100 - o Emmy divide a cerimônia em duas. No fim de semana passado, foram anunciados os vencedores das categorias técnicas - Game of Thrones levou 10 prêmios.

Os primeiros prêmios foram dados para Tony Shalhoub e para Alex Borstein, melhor ator coadjuvante e melhor atriz coadjuvante, respectivamente, por suas atuações em The Marvelous Mrs. Maisel.

"Quero dedicar esse prêmio à força de uma mulher, Amy Sherman-Palladino (criadora da série), e a cada mulher no elenco e nos bastidores de Maisel",  Borstein disse. Ela também dedicou o prêmio para sua mãe e sua avó. Borstein contou que sua avó só sobreviveu porque ela foi corajosa o bastante para sair da fila que a levaria para a morte pelas mãos dos nazistas. "Ela saiu da fila. E, por isso, eu estou aqui e meus filhos também. Então, saiam da fila, ladies", disse a atriz.

Fleabag também começou bem a noite - e terminou melhor ainda. Phoebe Weller ganhou em roteiro de série de comédia e Harry Bradbeer, como melhor diretor de série de comédia. Pouco depois, ela voltou ao palco como a vencedora da categoria melhor atriz de comédia, desbancando a favorita Julia Louis-Dreyfus, de Veep. No fim da noite, Fleabag se consagrou a melhor série de comédia.

O primeiro prêmio da noite para Chernobyl, que retrata o acidente nuclear ocorrido em 1986 na União Soviética e que foi uma das produções mais comentadas da temporada, foi para o diretor Johan Renck. A minissérie também ganhou também em roteiro e levou o prêmio de melhor minissérie - ela concorria com Olhos Que Condenam, entre outras produções.

Patricia Arquette subiu ao palco para receber o prêmio de melhor atriz coadjuvante em minissérie ou filme para a TV por The Act. Emocionada, ela prestou homenagem a Alexis, sua irmã trans, que morreu."Temos que lutar para que pessoas trans não sejam perseguidas. Deem trabalho a elas", disse a atriz.

Michelle Williams, melhor atriz de série limitada ou filme para TV, por Fosse/Verdon, disse, em seu discurso, que as mulheres precisam ser ouvidas e recompensadas por seu trabalho de forma justa. Ela disse que sua vitória foi um reconhecimento "do que é possível quando confiam que uma mulher é capaz de discernir suas próprias necessidades, se sente segura para dar voz a elas e se sente respeitada para serem ouvidas". 

Jharrel Jerome ganhou como melhor ator em série limitada ou filme para TV por sua atuação em Olhos Que Condenam. O ator de 21 anos foi ovacionado ao subir ao palco. A série é sobre cinco homens negros acusados de estuprar uma mulher branca no Central Park nos anos 1980. Jerome homenageou esses homens no final de seu discurso e os nomeou. Eles estavam na plateia, se levantaram e foram aplaudidos.

Jodie Comer, de Killing Eve, foi a melhor atriz em drama. Billy Porter, de Pose, o melhor ator. Ele é o primeiro ator abertamente gay a ser premiado nesta categoria. E Peter Dinklage, de Game of Thrones, ganhou mais uma vez como ator coadjuvante em drama.

Black Mirror: Bandersnatch ganhou na categoria filme para a TV.

 

Veja a lista dos vencedores das principais categorias do Emmy 2019

Melhor série de comédia

Veep (HBO)

Barry (HBO)

The Marvelous Mrs. Maisel (Amazon)

Fleabag (Amazon) - Vencedora

The Good Place (NBC)

Schitt's Creek (Pop)

Russian Doll (Netflix)

Melhor série de drama

Game of Thrones (HBO) - Vencedora

Succession (HBO)

Killing Eve (BBC America)

Bodyguard (Netflix)

Ozark (Netflix)

Pose (FX)

Better Call Saul (AMC)

This Is Us (NBC)

Melhor ator de drama

Kit Harington, Game of Thrones (HBO)

Billy Porter, Pose (FX) - Vencedor

Bob Odenkirk, Better Call Saul (AMC)

Jason Bateman, Ozark (Netflix)

Sterling K. Brown, This is Us (NBC)

Milo Ventimiglia, This is Us (NBC)

Melhor atriz de drama

Sandra Oh, Killing Eve (BBC America)

Jodie Comer, Killing Eve (BBC America) - Vencedora

Emilia Clarke, Game of Thrones (HBO)

Laura Linney, Ozark (Netflix)

Robin Wright, House of Cards (Netflix)

Mandy Moore, This Is Us (NBC)

Viola Davis, How to Get Away With Murder (ABC)

Melhor ator de comédia

Bill Hader, Barry (HBO) - Vencedor

Ted Danson, The Good Place (NBC)

Don Cheadle, Black Monday (Showtime)

Michael Douglas, The Kominsky Method (Netflix)

Anthony Anderson, Black-ish (ABC)

Eugene Levy, Schitt's Creek (Pop)

Melhor atriz de comédia

Julia Louis-Dreyfus, Veep (HBO)

Rachel Brosnahan, The Marvelous Mrs. Maisel (Amazon)

Phoebe Waller-Bridge, Fleabag (Amazon) - Vencedora

Natasha Lyonne, Russian Doll (Netflix)

Christina Applegate, Dead to Me (Netflix)

Catherine O'Hara, Schitt's Creek (Pop)

Melhor ator em série limitada ou filme para TV

Mahershala Ali, True Detective (HBO)

Benicio del Toro, Escape at Dannemora (Showtime)

Hugh Grant, A Very English Scandal (Amazon)

Jared Harris, Chernobyl (HBO)

Sam Rockwell, Fosse/Verdon (FX)

Jharrel Jerome, When They See Us (Netflix) - Vencedor

Ator coadjuvante em série limitada ou filme para a TV

Ben Whishaw (A Very English Scandal) – Vencedor

Stellan Skarsgård (Chernobyl)

Paul Dano (Escape at Dannemora)

Michael K. Williams (Olhos que Condenam)

Asante Blackk (Olhos que Condenam)

John Leguizamo (Olhos que Condenam)

Melhor atriz coadjuvante em minissérie ou filme para a TV

Patricia Arquette (The Act) – Vencedora

Emily Watson (Chernobyl)

Margaret Qualley (Fosse/Verdon)

Patricia Clarkson (Sharp Objects)

Marsha Stephanie Blake (Olhos que Condenam)

Vera Farmiga (Olhos que Condenam)

Melhor atriz em série limitada ou filme para TV

Amy Adams, Sharp Objects (HBO)

Patricia Arquette, Escape at Dannemora (Showtime)

Joey King, The Act (Hulu)

Michelle Williams, Fosse/Verdon (FX) - Vencedora

Niecy Nash, When They See Us (Netflix)

Aunjanue Ellis, When They See Us (Netflix)

Melhor minissérie

Chernobyl (HBO) - Vencedora

Escape at Dannemora (Showtime)

When They See Us (Netflix)

Fosse/Verdon (FX)

Sharp Objects (HBO)

 

Melhor programa de variedades

Last Week Tonight With John Oliver (HBO) - Vencedor

The Late Show With Stephen Colbert (CBS)

The Late Late Show with James Corden (CBS)

Jimmy Kimmel Live (ABC)

Full Frontal With Samantha Bee (TBS)

The Daily Show With Trevor Noah (Comedy Central)

Melhor filme para TV

Brexit: The Uncivil War (HBO)

King Lear (Amazon)

Deadwood: The Movie (HBO)

My Dinner With Hervé (HBO)

Black Mirror: Bandersnatch (Netflix) - Vencedor

Melhor atriz coadjuvante em drama

Julia Garner, Ozark (Netflix) - Vencedora

Lena Headey, Game of Thrones (HBO)

Sophie Turner, Game of Thrones (HBO)

Maisie Williams, Game of Thrones (HBO)

Fiona Shaw, Killing Eve (BBC America)

Gwendoline Christie, Game of Thrones (HBO)

Melhor ator coadjuvante em drama

Chris Sullivan, This Is Us (NBC)

Alfie Allen, Game of Thrones (HBO)

Jonathan Banks, Better Call Saul (AMC)

Nikolaj Coster-Waldau, Game of Thrones (HBO)

Peter Dinklage, Game of Thrones (HBO) - Vencedor

Michael Kelly, House of Cards (Netflix)

Giancarlo Esposito, Better Call Saul (AMC)

Melhor atriz coadjuvante em comédia

Alex Borstein, The Marvelous Mrs. Maisel (Amazon) - Vencedora

Anna Chlumsky, Veep (HBO)

Sian Clifford, Fleabag (Amazon)

Olivia Colman, Fleabag (Amazon)

Kate McKinnon, Saturday Night Live (NBC)

Betty Gilpin, GLOW (Netflix)

Marin Hinkle, The Marvelous Mrs. Maisel (Amazon)

Sarah Goldberg, Barry (HBO)

Melhor ator coadjuvante em comédia

Alan Arkin, The Kominsky Method (Netflix)

Anthony Carrigan, Barry (HBO)

Tony Hale, Veep (HBO)

Tony Shalhoub, The Marvelous Mrs. Maisel (Amazon) - Vencedor

Henry Winkler, Barry (HBO)

Stephen Root, Barry (HBO)

Melhor roteiro de série cômica

Fleabag (Episode 1) – Vencedora

Barry (ronny/lily)

PEN15 (Anna Ishii-Peters)

Boneca Russa (Nothing In This World Is Easy)

Boneca Russa (A Warm Body)

The Good Place (Janet(s))

Melhor direção de série cômica

Fleabag (Episode 1) – Vencedora

Barry (The Audition)

Barry (ronny/lily)

The Big Bang Theory (The Stockholm Syndrome)

The Marvelous Mrs. Maisel (All Alone)

The Marvelous Mrs. Maisel (We’re Going to the Catskills!)

Direção de série limitada ou filme para a TV

Chernobyl – Vencedor

A Very English Scandal

Escape at Dannemora

Fosse/Verdon (episódio Glory)

Fosse/Verdon (episódio Who’s Got the Pain)

Olhos que Condenam

Roteiro de série limitada ou filme para a TV

Chernobyl – Vencedor

A Very English Scandal

Escape at Dannemora (Episode 6)

Escape at Dannemora (Episode 7)

Fosse/Verdon (Providence)

Olhos que Condenam (Parte Quatro)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.