Uma divertida relação audiovisual

Paródias trocam letras de videoclipes e casam, literalmente, som com imagem

Gustavo Miller, O Estado de S.Paulo

18 de outubro de 2008 | 21h19

Na teoria, videoclipe é o casamento entre som e imagem. Então, em seu começo os clipes se preocupavam em reproduzir, ao máximo, o que a letra da canção dizia. Aos poucos eles ficaram mais artísticos e experimentais, e tal matrimônio acabou. Por isso é tão legal uma ação que o pessoal do site Funny or Die (www.funnyordie.com) vem fazendo: pegar clipes clássicos dos anos 80 e substituir as letras originais, mostrando literalmente o que rola na tela. Já há paródias de Take on Me, do A-Ha, e Head Over Heels, do Tears for Fears e a idéia é tão simples e divertida, que não dá para entender como ninguém havia feito isso antes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.