Uma corrida pelo humanismo

Correndo para se respeitar O Risco de Uma Decisão (Bite the Bullett). EUA, 1975. No TCM. Colorido, 131 min

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

04 de abril de 2009 | 22h21

Ao longo da admirável carreira que o converteu num dos grandes de Hollywood nos anos 1950 e 60, Richard Brooks realizou poucos westerns, mas todos eles são memoráveis. A Última Caçada, em 1955; Os Profissionais, em 1966; e O Risco de Uma Decisão, em 1975. É este último que passa hoje na TV. É um grande programa, e não apenas para fãs de bangue-bangues.

Em seu Dicionário de Cinema, Jean Tulard diz que Brooks foi um intelectual que veio do jornalismo, do romance e da rádio, cheio de boas intenções e ideias generosas. Tendo sido roteirista, ele próprio escrevia os roteiros de seus filmes. Vários são adaptados de peças e livros. O Risco de Uma Decisão narra uma aventura na tradição clássica.

No Oeste em transformação, cavaleiros de várias procedências participam de uma corrida de 700 milhas. Os atores são Gene Hackman, James Coburn, Ian Bannen, Ben Johnson, Jan Michael Vincent e Candice Bergen. Todos aprendem a se respeitar e Brooks, fiel ao tema da segunda chance, reafirma seu credo humanista. É um belíssimo filme.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.