Uma causa portuguesa, 'concerteza'

A jornalista portuguesa Cristina Carvalho é fã das novelas tupiniquins. De Lisboa, ela escreve um dos mais interessantes blogs sobre o tema, o Novelas Para Recordar (www.novelaspararecordar.blogspot.com). Além de comentar o que de brasileiro está passando na TV lusitana (Duas Caras está terminando agora por lá), Cristina escreve principalmente sobre os folhetins mais antigos.Ela faz pesquisas entre seus leitores, cria quizzes, monta painéis de fotos jurássicas e, lógico, tem um canal no YouTube dedicado a sua paixão (www.youtube.com/novelaspararecordar).Muito simpática, a gaja só fica brava quando alguém (como esse repórter) pergunta se ela coloca muitos trechos de capítulos de O Quinto dos Infernos no YouTube pelo fato de ser portuguesa. Como surgiu o seu interesse pelas telenovelas brasileiras? Muito cedo, por volta dos 12 anos de idade. Começa pelo recorte de uma ou outra foto na revista, que depois acabas por guardar, até que começas a guardar também cenas que, por alguma razão, te agradam e não te parece bem gravar por cima da fita. Foi assim que começou comigo. Mas o meu arquivo não é grande porque, sendo criança, nem autorização para chegar perto do gravador tinha. Nem tampouco tinha material em quantidade suficiente. O meu acervo é constituído por trechos de novelas que consegui gravar e que sobreviveram às intempéries do tempo. Desde que o estilo de vida mudou, tenho as mesmas oportunidades que as restantes pessoas de aumentar o acervo, gravando o que vai dando na TV e me interessa rever. Porque eu revejo-as mesmo! Mas o meu prazer, quando gravava nos tempos de menina, era ter pouco espaço em fita. Vivia com o dedo no botão de "pause" a reduzir os diálogos. Ai, que nostalgia!No seu canal do YouTube há muitos vídeos de O Quinto dos Infernos. Isso tem alguma relação por você ser portuguesa?Ai, esse fato não tem nada a ver! Sem idéias preconcebidas, vi-a aqui e ali quando foi para o ar - num horário muito tardio - e só lhe reconheci maestria e genialidade. Sabe, a obra demorou a estrear por aqui, foi constantemente adiada, segundo as revistas da época, porque os responsáveis da SIC (canal português parceiro da Rede Globo) temeram que ela não fosse bem recebida. Aconteceu o contrário, é claro.Qual a sua novela brasileira predileta de todos os tempos?Depende do gênero. São três as eleitas. Pantanal é feiticeira, consegue nos enfeitiçar e nunca quebra esse feitiço. Fera Ferida é excelente em interpretações, em peculiaridades. Por Amor é a melhor de sempre, no gênero. Uma é um tesouro, a outra é magia e a outra, a bomba. Cativam em diferentes vertentes.

O Estado de S.Paulo

06 de julho de 2008 | 00h03

Tudo o que sabemos sobre:
blogsnovelas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.