Um beijo recusado

Com gravações na Europa e elenco desconhecido do grande público, Maysa retrata a vida da cantora por passagens de sua carreira e da vida pessoal. "Queremos mostrar uma mulher que vivia pela música, sofria por amor e era capaz de tudo pelo que queria", diz Monjardim. Certa vez, ao visitar o filho, muito doente no internato na Europa, Maysa recusou-se a dar-lhe um beijo no rosto por ele estar com febre. Fazia quase dois anos que o menino não via a mãe, mas ela temia pegar alguma doença em época de shows. A cena do beijo negado foi uma das poucas interferências que o diretor se permitiu fazer no trabalho do autor da série, Manoel Carlos. Mágoa a ser resolvida na série-divã? Monjardim garante que não. Diz que a cena é importante para ilustrar quem era Maysa. Personagem pronta de novelão sem limites que foi sua vida real.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.