TV pública infantil da Argentina traz sua experiência ao Brasil

28 de março de 2011 | 10h59

 

Ex-diretora de programação infantil da TV Cultura, a expert em mídia infantil Beth Carmona foi até Buenos Aires para convidar Cielo Salviolo, diretora do canal infantil Pakapaka, a participar do ComKids. O evento unirá mostra de programas vencedores do Prix Jeunesse em todo o mundo com festival de novos produtos, workshops dentro do Fórum Brasil de TV e boa troca de figurinhas entre executivos de TV e representantes do poder público de outros países - além da vizinhança latino-americana, o que inclui Chile, Colômbia, Argentina e Uruguai, especialistas dos Estados Unidos, Canadá e Holanda cá estarão.

 

O Pakapaka é a primeira experiência em TV educativa pública para crianças na Argentina e América Latina. Boa proposta? Para algumas operadoras de TV paga local, nem tanto. O canal ainda enfrenta resistência para ganhar o line up de todos os pacotes, e como na Argentina mais de 60% da população assiste à TV por meio de operadora paga, está feito o conflito.

 

Segundo a nova Lei de Serviços de Comunicação Audiovisual na Argentina, assim como o Canal Encuentro, também subordinado ao Ministério da Educação, o Pakapaka deveria ter sinal liberado e gratuito para todos. Mas já que mais da metade do público-alvo do canal está sem acesso a ele, lançou-se a campanha Pakapaka Para Todos. A proposta do canal, que já teve programas seus vistos na TV Cultura e exibe lá o Cocoricó, é refletir sobre a infância entretendo, e não apenas educando.

 

Com quatro eixos, o ComKids acontecerá entre o Sesc Consolação, o Centro de Convenções Frei Caneca e o Espaço Itaú de Cinema.

 

Chega mais

A segurança de Dilma Rousseff bem que tentou evitar a aproximação de Mônica Iozzi, do CQC, mas a presidente, simpática de tudo, chamou a humorista para abraço e beijinhos, em cena que vai ao ar hoje, na Band. Mônica a presenteou com um cartão e duas canetas - sinal de boas vindas no comando do Brasil e boa sorte no mandato.

 

100

moradores da região do Cânion do Rio São Francisco (Sergipe-Alagoas) participaram das gravações de Cordel Encantado, próxima novela das 6 da Globo.

 

Dona de 12 canais no Brasil, a Turner não descarta lançar novas emissoras no País, ainda este ano. A seu favor, os planos têm o boom vivido pelo setor, que nunca cresceu com tanto fôlego. A ver se haverá espaço no line up das operadoras.

 

Enquanto isso, o Cartoon honra suas tradições no mercado: começam em junho os preparativos para a pesquisa anual bancada pelo canal para investigar hábitos de consumo de mídia e outros comportamentos dos pequenos.

 

Autor do SBT, Tiago Santiago festeja a volta de Vamp, reprise que chega ao Canal Viva no dia 11. Foi seu primeiro trabalho em novelas, num tempo em que ele escrevia apenas dois capítulos por semana, sob a tutela de Antonio Calmon.

 

A reestreia de Ganso em campo, com o jogo Santos X Botafogo-SP, garantiu ao SporTV, no último dia 12, a maior audiência do canal em 2011: mais de 1,7 milhão de pessoas passaram por lá na ocasião.

 

Vai até 15 de abril o pitching multiplataforma da Oi TV, via http://multiplataforma.oi.com.br/pitchingoitv. Ao vencedor, mais que batatas: R$ 200 mil para produzir.

Tudo o que sabemos sobre:
sem intervalo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.