Temporada final de 'ER' terá três episódios adicionais

Como parte do acordo, emissora de TV também encomendou seis histórias do novo drama de Joh Wells, 'Police'

Reuters

09 de janeiro de 2009 | 11h56

O veterano drama médico "ER" terá um adeus mais longo que o previsto: sua 15.ª e última temporada vai ganhar três episódios adicionais. Como parte do trato feito pela emissora NBC com a produtora Warner Bros e o produtor-executivo da série, John Wells, a rede de TV também encomendou seis episódios do novo drama policial de Wells, "Police". Nas últimas semanas a NBC e a WBTV têm levado adiante negociações intensas sobre o lançamento da série "Police". A rede vinha pedindo 12 episódios para serem exibidos na metade da temporada, enquanto a WBTV relutava em comprometer-se com um pedido tão grande, em vista da decisão recente da NBC de lançar um talk show comandado por Jay Leno no horário das 22h, o que limitaria sua necessidade de seriados dramáticos. Enquanto isso, a NBC, a WBTV e John Wells também vinham discutindo o acréscimo de três horas à temporada final, de 19 episódios, de "ER", que vinha regularmente ocupando o horário das 22h da quinta-feira. Não está claro como a extensão da temporada de "ER" vai afetar o novo drama "Kings", da NBC, que estava previsto para ir ao ar nesse horário após o episódio final de "ER", que iria ao ar em 12 de março. Uma possibilidade seria que "Police" sucedesse a "ER" no horário, conforme tinha sido previsto originalmente, e que "Kings" fosse transferido para outra noite da semana. "Police", cujo piloto deve ir ao ar em junho, é um drama de elenco grande, com Tom Everett Scott, Regina King, Benjamin McKenzie e Kevin Alejandro representando um grupo de policiais de Los Angeles.

Tudo o que sabemos sobre:
televisãoER

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.