'Tem de caprichar'

Novela de época dá trabalho dobrado, mas Marcos Paulo adora. Como ator, ele viveu Basílio, da minissérie O Primo Basílio (1998), e como diretor, assinou a novela Força de um Desejo (2000), só para citar dois marcos da reconstrução de época na TV. Aqui, ele conta sua aventura nos anos 30, em Desejo Proibido.Para o diretor, muda muito o fato de ser uma novela de época?Sim, muda. Numa novela de época tem de caprichar muito. Mas há coisas interessantes. Você tem de fazer muita pesquisa, saber da história com detalhes. Não a história que te contaram na escola, mas a história real - um romance mal resolvido pode mudar os rumos de uma nação. E o cuidado é redobrado, porque você tem de fazer uma coisa fiel à época. A gente não está fazendo um documentário, mas a estrutura da novela tem de estar muito bem pensada, porque temos de reproduzir a época, de qualquer maneira. E isso determina um tipo de interpretação diferente dos atores, porque tem uma roupa diferente, uma postura diferente, uma realidade em volta diferente. É muito bacana reproduzir uma época.E a década de 30 não é muito explorada. É. Os anos 40 já foram muito explorados, os 50 também. Os anos 30 passaram meio em branco. Resolvemos falar em "anos 30" e não "1930", para ter mais liberdade, sobretudo com a música. A música brasileira do início dos anos 30 até o meio daquela década só tem samba e dor-de-cotovelo. Mas foi uma época muito rica musicalmente nos Estados Unidos e na França. Então, estou louco para montar o disco internacional. Quero convidar grupos de hoje para cantar sucessos antigos. Pegar, por exemplo, um Jota Quest fazendo Cole Poter. Mas é um exemplo, hein?Um padre de São Paulo pediu para que os fiéis fiquem de olho na novela, para ver se Miguel (Murilo Rosa) não vai manchar a imagem da Igreja. A novela está sendo patrulhada?Absolutamente. Não recebi nenhuma manifestação da Igreja até agora. Mas a intenção da gente não é discutir a Igreja, mas mostrar uma história de amor. Mas o padre pediu o que exatamente?Para que os fiéis avisem se Miguel beijar a Laura (Fernanda Vasconcellos) usando batina.Ah, então está ajudando a gente! Vai fazer subir a audiência!

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.