AP
AP

Televisão russa acusa hackers de vazar último episódio da série 'Sherlock'

A transmissão do capítulo provocou uma avalanche de comentários na internet russa

AFP

17 Janeiro 2017 | 10h05

A rede pública de televisão russa Pervyi Kanal afirmou nesta segunda-feira, 16, ter sido vítima de um ataque cibernético após a exibição na internet do último episódio da série britânica Sherlock, um dia antes da data prevista de lançamento.

O episódio da popular série da BBC era para ser exibido na segunda-feira depois da meia-noite no horário de Moscou (19h de Brasília), ao mesmo tempo que no Reino Unido. Mas o episódio completo, dublado em russo, foi transmitido na internet no domingo e rapidamente copiado por vários sites.

"De acordo com informações preliminares, trata-se de um ataque de hackers", declarou em um comunicado enviado à AFP uma porta-voz da rede, Larissa Krymova.

"Temos estado em contacto com a BBC desde que fomos informados sobre o vazamento (do episódio) e estamos realizando uma investigação para determinar a origem", acrescentou.

A BBC também informou ter lançado uma investigação e, de acordo com o Telegraph, uma fonte na cadeia britânica afirmou que o vazamento do episódio na internet era "mais do que um acidente".

A transmissão do episódio provocou uma avalanche de comentários na internet russa. Um dos comentários no Twitter recebeu um "like" da conta oficial do primeiro-ministro Dmitri Medvedev, seu primeiro na rede social.

 

Mais conteúdo sobre:
Sherlock Holmes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.