DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO
Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Silvio Santos não quer saber de comentários políticos no SBT

Cristina Padiglione, O Estado de S. Paulo

18 de maio de 2016 | 03h00

Silvio Santos gravou ontem a edição do Troféu Imprensa para eleger os melhores do ano passado na TV e na música. Como de costume, divertiu plateia, jurados e premiados de anos anteriores, que lá estiveram para receber troféus ainda não entregues. O programa vai ao ar neste domingo, pelo SBT. Em meio a todo o mise-en-scène, houve quem sugerisse que ele voltasse a dar espaço para que Rachel Sheherazade, apresentadora do SBT Brasil, retomasse seus comentários na bancada do noticiário. “Vixe, se deixar a Rachel falar, pelo amor de Deus... Não. Bico calado, Rachel. Deixa ela fazer bagunça lá na Jovem Pan”, disse o patrão, emendando que, se ela quiser falar de política, que compre sua própria TV.
Mais adiante, ao receber no palco a equipe de Danilo Gentili, premiado em outro ano como melhor programa de entrevistas, voltou ao tema: “Você é muito bom”, disse ao humorista, “mas precisa parar de falar em política”. E prosseguiu: “quer falar em política? Se junta lá com a Sheherazade, compra uma estação e fala o que quiser”. O raciocínio de Senor Abravanel endossa uma máxima de Assis Chateaubriand, que dizia a seus funcionários jornalistas: “Quer ter opinião? Compre um jornal”.
Ao receber Carlos Alberto de Nóbrega no palco, também premiado em edição anterior, Silvio quis saber por que ele não pintava o cabelo. “Vai lá no Jassa. Até o Temer vai lá”, acusou, ao que Carlos Alberto confirmou: “Eu sei, já cruzei com ele lá”. O patrão emendou: “O nosso ministro da Economia (sic) atual também vai muito lá, o.. o... como é mesmo o nome dele?” Alguém lhe sopra o nome. “Isso, o Henrique Meirelles”.
DNA de bandoleiro. O pequeno Gabriel Palhares, aqui entre Caio Blat e Maitê Proença, chega amanhã a Liberdade Liberdade como Caju. Retirado de um bando de salteadores e adotado por Raposo (Dalton Vigh), ele passa a se vestir como fidalgo, mas resistirá aos novos modos.
O ‘Roda Viva’ com Delcídio Amaral levou o programa da TV Cultura ao 1.º lugar nos Trending Topics do Twitter, na última segunda-feira. 
‘Imortais da Academia’, série da Giros em parceria com o Canal Curta!, dedica-se a histórias sobre as mais variadas linhagens de imortais que já ocuparam as 40 cadeiras da Academia Brasileira de Letras.
É esse o foco que levou o diretor Belisário Franca a Paris, onde ele entrevista, esta semana, o escritor Claude Mollard, Conselheiro Cultural de Jack Lang (ex-ministro da Cultura), Anne Marie Métailie, tradutora e editora, além do escritor libanês Amin Maalouf e do historiador e político Hélène Carrère d’Encausse, ambos membros da Academia Francesa. Estreia no 2º semestre.
6 X 4,9 pontos

Foi o placar de audiência entre Patrícia Abravanel e Xuxa na noite de 2ª, pelo Kantar Ibope de São Paulo, invertendo a gangorra da semana anterior, quando a Record bateu o SBT

“Ator e apresentador de fama questionável, amigãozão de celebridades mais relevantes que ele (...)”

Referência A BRUNO DE LUCCA EM NOVO VÍDEO DO PORTA DOS FUNDOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.