DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO

Série sobre personagens da 2ª Guerra no Brasil chega à TV Cultura

Produção da Conspiração e Synapse mescla animação com imagens de acervo

O Estado de S.Paulo

16 Julho 2016 | 02h00

 

Histórias como a de Aracy Guimarães Rosa, segunda mulher de João Guimarães Rosa, que driblou a diplomacia brasileira e conseguiu vistos para centenas de refugiados judeus, fazem a série Terra Prometida, que estreia na TV Cultura na próxima sexta, dia 22, às 22h. Produção da Conspiração com a Synapse, o título – que nasceu muito antes da novela homônima da Record – soma seis episódios de casos baseados em fatos reais de pessoas afetadas pela 2.ª Guerra, reconstituídos em animação, com imagens de arquivo históricas.

Fala-se de Gustav Fraz Wagner, a “Besta de Sobibor”, subcomandante do campo de extermínio de Sobibor, na Polônia, que viveu refugiado por 30 anos em um sítio no interior de São Paulo. Tem o caso do jovem Gingo, nascido em São Paulo, filho de imigrantes alemães que, contrariado, lutou ao lado de Hitler. Já o pracinha Amynthas lutou, foi capturado por tropas alemãs e não teve nenhum apoio do governo brasileiro ao voltar ao País. Resgata-se ainda a tentativa frustrada do físico Albert Einstein ao pedir asilo brasileiro a uma amiga. E a saga da família Moser para escapar das forças nazistas até chegar ao Rio.

A direção é de Paschoal Samora, com Denise Adams, criação de Renato Fagundes e Luiz Noronha, roteiro de Gabriella Mancini, Haná Vaisman, Renato Fagundes e Rossana Maurell. A animação é do Belli Studio. Terra Prometida conseguiu R$ 500 mil do Fundo Setorial do Audiovisual, ainda em 2010, e mais R$ 1,67 milhão por meio de leis de incentivo da Ancine. A série também será exibida pelo Canal Curta!, na TV paga, em data a definir.

Outra face. Aí está Thalita Carauta, caracterizada de modo quase irreconhecível para Duas de Mim, primeiro longa dirigido por Cininha de Paula. As filmagens acabaram esta semana, no Rio. Atualmente no ar em Chapa Quente, a atriz vive Suryellen, cozinheira de mão cheia que sempre sonhou em ser chef, mas nunca teve chance. A produção é da Migdal. 

1.434.666 visitas teve a página de ‘Liberdade Liberdade’ no Gshow na 4ª feira, dia seguinte à cena gay entre Caio Blat e Ricardo Pereira – o vídeo chegou a 1 milhão de plays no site

 

O ataque que em Nice levou o Multishow a adiar a estreia do Lugar Incomum – Sul da França, de Didi Wagner. A temporada, que começaria na próxima segunda, com visita a Nice, irá ao ar a partir do dia 29. O canal considerou que não haveria cabimento colocar no ar uma celebração à cidade da Riviera Francesa, neste momento. 

Cléber Machado, Juninho Pernambucano, Caio Ribeiro e Arnaldo Cézar Coelho abrem as transmissões, ao vivo, dos Jogos Olímpicos Rio 2016 no dia 3 de agosto. O jogo de abertura é o do futebol feminino Brasil X China, no Engenhão.

Por falar na Rio 2016, o lançamento da Revista da USP – Dossiê Jogos Olímpicos merecerá debate hoje, às 11h, no Teatro Eva Herz, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo. A entrada é gratuita.

 

“Cada filme que fiz me representou naquele momento.”

Hector Babenco EM CENA DO ACERVO DO ‘ALTAS HORAS’ QUE SERÁ REPRISADA HOJE, EM TRIBUTO AO CINEASTA

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.