Série 'Mindhunter' não deve ganhar sequência

Segundo seu criador, David Fincher, a audiência considerada baixa não tem compensado o dinheiro investido

O Estado de S.Paulo - O Estado de S.Paulo

Você pode ler 3 matérias grátis no mês

ou Assinar por R$ 0,99

Você pode ler 3 matérias grátis no mês

ou Assinar por R$ 0,99

A série Mindhunter não deve ganhar uma terceira temporada, segundo seu criador, David Fincher. A questão apontada pelo diretor é o dinheiro investido versus a audiência esperada, baseado nas duas edições anteriores.  “Olha, pelo público que teve, era uma série bem cara”, falou ele. “Até discuti algo, mas, honestamente, não sinto que conseguiríamos fazer isso por menos do que eu fiz na segunda temporada. Em certo ponto, é preciso ser realista que o valor de investimento precisa igualar ao dos espectadores.”

Jonathan Groff, em Mindhunter Foto: Patrick Harbron-Netflix

As temporadas anteriores já vinham dando sinais de desgaste e gerando invertezas quanto ao elenco. Um pouco depois da exibição de alguns episódios inéditos, os atores Jonathan Groff, Anna Torv e Holt McCallany foram liberados de seus contratos. Já está certo de que Groff, que vive o protagonista Holden Ford, estará no filme Matrix 4. Fincher está envolvido com o filme Mank, sobre os bastidores de Cidadão Kane, com previsão para estear na Netflix em dezembro. 

Tudo o que sabemos sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato