Série 'Law & Order' não consegue encontrar novo canal

O criador de "Law & Order" disse na sexta-feira que a série policial "entrou para os livros de história" por não ter conseguido encontrar um novo canal, depois de a NBC retirá-la do ar após 20 anos de exibição.

REUTERS

30 de julho de 2010 | 20h39

"Posso confirmar que ela entrou para os livros de história", disse Wolf a roteiristas de TV numa conferência em Los Angeles. Meses atrás, ele afirmara que ainda tinha esperança de que outra rede aceitasse continuar produzindo "Law & Order".

A audiência da série havia caído pela metade desde 2002, e o último episódio foi ao ar em maio. Mas seus vários subprodutos continuam, sendo que "Law & Order: Los Angeles" ainda está por estrear, em setembro.

Wolf se disse "extremamente desapontado" com o cancelamento de "Law & Order", mas afirmou estar dedicado ao novo produto. "Assim é o negócio. Assim é a vida. Todo programa nasce sob uma sentença de morte, eles só não dizem a data da execução."

"Estamos aqui para falar do futuro", prosseguiu. "O passado é passado. Este é um novo programa", afirmou.

Os atores Terrence Howard e Alfred Molina serão os protagonistas de "Law & Order: Los Angeles", que acompanha o modelo estabelecido pela série original - inspirada em notícias policiais reais, e mostrando sua investigação e o processo judicial.

(Reportagem de Jill Serjeant)

Tudo o que sabemos sobre:
TVLAWORDER*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.