Netflix
Netflix

Série 'Insatiable' recebe críticas duras, mas elenco rejeita acusações de gordofobia

Público acredita que produção promove narrativa de que mulheres precisam ser magras para ter sucesso e felicidade

Rollo Ross, Reuters

10 Agosto 2018 | 18h53

O elenco de Insatiable defendeu o novo programa de TV contra acusações de gordofobia, mas críticas anormalmente duras sugerem que a série norte-americana tem mais a se preocupar do que apenas com o debate em torno de peso e popularidade.

A série da Netflix, anunciada como uma comédia de humor negro, conta a história de uma estudante de ensino médio obesa e oprimida, Patty the Fatty (Patty, a Gorda), que de repente perde peso, ganha popularidade e trama sua vingança.

Uma petição online antes do lançamento da série nesta sexta-feira, 10, exigia seu cancelamento, dizendo que a série aparentava promover a narrativa de que mulheres precisam ser magras para ter sucesso e felicidade e que o programa irá encorajar transtornos alimentares.

A criadora Lauren Gussis disse que o trailer “fez exatamente o que precisava fazer ao iniciar uma conversa sobre essas questões”.

“Há uma longa história de sátiras trazendo à tona questões que precisam ser vistas, e também como uma maneira de chegar à verdades que são desconfortáveis, então espero que isto seja o que estejamos fazendo”, disse Gussis à Reuters Television no tapete vermelho do evento de pré-estreia em Los Angeles na quinta-feira.

A atriz Alyssa Milano elogiou o debate.

“Eu realmente acho que é bom ter uma opinião, e acho que as pessoas vão continuar tendo uma opinião conforme avançam e avançam assistindo a série”, disse.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Netflix

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.