DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO

Série americana 'Friends' completa 20 anos desde estreia

Programa ambientado em Nova York terminou em 2004

EFE

16 Setembro 2014 | 10h12

A estreia de Friends, uma das séries mais populares da história, faz 20 anos no próximo dia 22, um período em que seus fãs não se esqueceram dela e durante o qual seu elenco (com a exceção de Jennifer Aniston) não conseguiram o mesmo êxito no cinema. 

Desde sua abertura com a música I'll Be There For You, dos Rembrandts, aos intermináveis cafés no Central Perk e os romances de seis amigos que moravam em Manhattan, em Nova York, Friends fez história ao apostar num humor cotidiano e atemporal, eficaz para todos os públicos.

Para Sara Ceberio, uma publicitária especializada que se declara fã número 1 da série, o que mais destaca Friends é "sua impecável compreensão do 'timing'", condensado no roteiro e no trabalho de Aniston, Courteney Cox, Lisa Kudrow, Matt LeBlanc, Matthew Perry e David Schwimmer. "O Humor era sempre inteligente e, mesmo nos momentos mais delicados, tudo era tratado de forma elegante. Não se buscava o riso fácil, mas a frase perfeita para o momento e para o personagem", declarou Ceberio, que ainda frisou a maneira de que o espectador se identificava com os personagens.

Rachel, Monica, Phoebe, Joey, Chandler e Ross, com energia e juventude, tinham personalidade e empatia o suficiente para se diferenciar do tom de "Seinfeld", "Frasier" ou "Mad About You", comédias que reinavam nas noites de sexta quando a aposta de David Crane e Marta Kauffman estreou, superando 24 milhões de espectadores na primeira temporada.

Não há jeito melhor de comprovar o êxito do que observar a influência da serie na cultura pop. É só perguntar às milhares de mulheres que foram ao cabeleireiro para ter o mesmo corte de Rachel ou observar a quantidade de homens que usaram a piada de Joey ("How you doin'?") para se apresentar a mulheres.

"Friends" Estreou no dia 22 de setembro de 1994 na NBC e terminou no dia 6 de maio de 2006, depois de 236 episódios que deram forma a uma comédia brilhante, reconhecida pelo Emmy, o Globo de Ouro, o prêmio do Sindicato dos Atores dos EUA e o Bafta, entre outros prêmios.

Ao longo de suas 10 temporadas, teve participações de Brad Pitt, Robin Williams, Ben Stiller, George Clooney, Bruce Willis, Julia Roberts e Reese Witherspoon, entre outros, nomes de primeira categoria em Hollywood, uma indústria em que os protagonistas da série tiveram destinos diferentes.

Cox se destacou na saga de terror "Pânico"; Kudrow cavou seu espaço em filmes como "Máfia no Divã" e "Romy e Michele", mesmo caminho seguido por Perry em "E Agora, Meu Amor?", "Meu Vizinho Mafioso" e "A Serviço de Sara". Enquanto isso, LeBlanc só foi visto em "Perdidos no Espaço" e "As Panteras".

Aniston, por sua vez, tem se firmado como uma das rainhas da comédia graças a longas como "Quero Ficar com Polly", "Separados Pelo Casamento", "Marley e Eu", "Quero Matar Meu Chefe" ou "Família do Bagulho".

Todos eles deixam claro que não haverá nenhum tipo de reunião especial para o aniversário. O mais parecido com um reencontro foi a aparição das atrizes no final de agosto no programa do apresentador americano Jimmy Kimmel, onde hesitaram em parodiar suas personagens.

Antes, em julho, Aniston, Cox e Kudrow foram a Craig's, um dos restaurantes da moda em Los Angeles, para celebrar o recente noivado de Cox com o roqueiro Johnny McDaid, da banda Snow Patrol. "Somos seis amigos e faz 10 anos que tento juntar todos em uma cena. Ainda não aconteceu", confessou Cox no programa de David Letterman, dizendo que os problemas de agenda impedem que o grupo se veja mais frequentemente.

Pode ser que nunca retomem seus papeis, mas os atores demonstram a amizade que os une ao aparecer em vários projetos que têm encabeçado desde que o programa acabou em 2004, como ocorreu com "Cougar Town", "Dirt", "Web Therapy", "Go On" e "Episodes".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.