Evan Agostini/Invision/AP
Evan Agostini/Invision/AP

Seis novos episódios de 'Arquivo X' serão gravados este ano

Nos capítulos, os investigadores Dana Scully e Fox Mulder aparecerão em novos casos, 13 anos após fim da série

O Estado de S. Paulo, O Estado de S. Paulo

24 Março 2015 | 17h27

Com algumas rugas a mais, Dana Scully e Fox Mulder vão voltar à televisão este ano. Com um hiato de 13 anos após o fim de Arquivo X, a Fox anunciou esta terça, 24, que a série terá seis novos episódios, com produção prevista para começar no verão do hemisfério norte este ano. Neles os agentes do FBI, interpretados por Gillian Anderson e David Duchovny investigarão novos casos misteriosos, ligados a fenômenos paranormais, assinados por Chris Carter criador da atração.

Em janeiro, executivos da Fox já haviam dito que a série seria retomada e, em seguida, Duchony declarou ao jornal USA Today que estava "mais feliz do que empolgado" em reviver a história com seus ex-companheiros de trabalho. "Estarei em uma forma meio limitada. Estamos todos velhos, não temos mais energia para uma temporada inteira", brincou o ator.


Os quase 200 episódios rodados entre 1993 e 2002, renderam troféus no Globo de Ouro e no Emmy em diferentes anos, além de filmes derivados, sendo o último lançado em 2008. "Considero que tivemos um intervalo comercia que durou 13 anos", afirmou Chris Carter em um comunicado. "A boa notícia é que o mundo ficou mais estranho, uma época perfeita para esses seis episódios. 

Ainda no comunicado, os CEOs da Fox Television Group dos EUA, Gary Newman e Dana Walden, disseram que Arquivo X foi umas experiências mais criativas de suas carreiras. "Estamos absortos em dar aos fãs a continuação empolgante de mais um capítulo de Mulder e Scully pela qual eles sempre esperaram."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.