REUTERS/Danny Moloshok
REUTERS/Danny Moloshok

Schwarzenegger abandona 'Aprendiz Celebridades' após polêmica com Trump

O astro afirmou que o público não gostou de saber que o presidente dos EUA estava envolvido como produtor executivo do programa

Reuters, O Estado de S.Paulo

04 Março 2017 | 13h18

Arnold Schwarzenegger está deixando sua função como apresentador do reality show da NBC "Aprendiz Celebridades", culpando o papel atual do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como produtor executivo pela baixa audiência do programa.

Astro de filmes de ação, Schwarzenegger assumiu como anfitrião do "Aprendiz Celebridades" no ano passado, e sua primeira temporada, que estreou em janeiro, foi assistida por cerca de 4 milhões a 5 milhões de telespectadores.

"Eu amei cada segundo de trabalho com a NBC e Mark Burnett. Todos - de celebridades, equipe ao departamento de marketing - foram nota 10, e eu com certeza trabalharia com todos eles novamente em um programa que não tenha essa bagagem", disse Schwarzenegger em um comunicado.

O representante do ator disse que Schwarzenegger não voltará para uma segunda temporada.

Schwarzenegger, um republicano que serviu dois mandatos como governador da Califórnia e que afirmou não ter votado em Trump para presidente, disse à revista de cinema britânica Empire em uma entrevista publicada na sexta-feira que ele estava deixando o programa devido ao envolvimento de Trump.

"Aprendi muito, me diverti muito, foi uma grande oportunidade", disse Schwarzenegger. "Mas sob essas circunstâncias eu não quero fazer isso de novo."

"Quando as pessoas descobriram que Trump ainda estava envolvido como produtor executivo e que ainda estava recebendo dinheiro do programa, então metade do povo boicotou", disse Schwarzenegger à publicação.

Trump foi o anfitrião dos programas "O Aprendiz" e "Aprendiz Celebridades" por 14 temporadas.

Após ter tomado posse em janeiro depois de vencer a eleição presidencial de novembro, Trump tem zombado de Schwarzenegger e da queda de 43 por cento na audiência entre o público de 18 a 49 anos na estreia do programa em janeiro. 

Seus comentários provocaram uma troca de farpas no Twitter entre as duas maiores celebridades dos Estados Unidos que ingressaram na política.

Cerca de 20 milhões de norte-americanos acompanhavam regularmente "O Aprendiz" no primeiro ano do programa, caindo para cerca de 6 milhões em 2015 para o último episódio de "Aprendiz Celebridades" apresentado por Trump.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.