SBT ainda vencia Record em BH. Vencia.

Sem intervalo

Cristina Padiglione, cristina.padiglione@grupoestado.com.br,

06 Abril 2011 | 07h00

 

Fechada a pesquisa de março do PNT do Ibope - o Painel Nacional de TV - a Record rufa tambores, e não só para variar. Na faixa das 7h à 0h, a emissora cresceu de 7,1, em fevereiro, para 7,5, em março. A Globo também subiu - de 16,9 para 17,6 pontos. E o SBT se manteve em 5,5 nos dois meses. Mas o que anima o staff de Edir Macedo é a ultrapassagem, inédita, da Record sobre o SBT em Belo Horizonte, onde a TV Alterosa ainda mantinha, para Silvio Santos, alguma vantagem sobre a hoje vice-líder nacional. Pois a Record fechou março com 6 pontos, 1 a mais que o SBT, em BH, o que certamente pesa para o avanço de 5% que a rede de Macedo teve no PNT, em relação a março de 2010.

 

 

 

Sem Parar

Enquanto as novas séries contam nos dedos das mãos o número de episódios que lhes cabem, A Grande Família chega ao seu 11º ano amanhã, com a volta de Lineu e Nenê aos corpinhos de Marco Nanini e Marieta Severo, agora sob direção de Luiz Felipe Sá.

 

 

 

R$ 100 milhões

 

é o investimento anunciado pelo Hopi Hari nas áreas temáticas destinadas a personagens da Warner - Looney Tunes, Liga da Justiça e Penélope Charmosa

 

 

 

‘A cidade cenográfica foi construída no local onde hoje funciona o Barra Shopping’, Daniel Filho, sobre Irmãos Coragem (1970), relançada em DVD pela Globo Marcas

 

 

Luiz Galebe desmente qualquer iniciativa de venda do canal Shop Tour. O que ele tem feito, segundo relatou à coluna, é comercializar o know-how da estrutura de televendas criada por ele na TV e copiada por tantos outros.

 

Espécie de franquia do Shop Tour é negócio que tem funcionado para Galebe fora de São Paulo, onde cansou de reclamar direitos autorais sobre sua fórmula, em vão.

 

A TV Novo Tempo, do Vale do Paraíba, teria adquirido a TV de Galebe, em boato desmentido por ele e pela emissora. Boato sem efeito.

 

Como mudanças de horário na grade não são novidade no SBT, é bom avisar: o SBT Repórter, que ia ao ar às segundas, passa a ser exibido às quartas, depois do Conexão Repórter. A novela Amor e Revolução, nesse dia, passa a entrar no ar às 22h, e não às 22h15, como no resto da semana.

 

No lugar do SBT Repórter, na próxima segunda-feira, entra o Topa ou Não Topa, às 23h15.

 

Ecos da MIPTV, em Cannes: a Grifa-Gullane anuncia que já entrou em fase de pré-produção para a realização do longa-metragem Amazônia, que será rodado no segundo semestre, no Brasil, lógico, em coprodução com a França.

 

Ao repercutir a edição anterior do próprio programa, com novas declarações do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), o CQC de anteontem somou 5,5 pontos no Ibope, 1,5 ponto a mais que na semana passada, na Grande São Paulo.

 

E o modesto Reelz, canal pago dos EUA, alcançou seu recorde de audiência com a estreia da polêmica minissérie sobre os Kennedy, produção do grupo A&E, domingo, com 1, 5 milhão de telespectadores. A série estreia aqui em maio, pelo A&E, History e Biography.

Mais conteúdo sobre:
Sem intervalo Cristina Padiglione

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.