Reprodução
Reprodução

Rodrigão, o mais gato, levou a melhor no BBB 11

Para apresentador, Pedro Bial, paredão de bonitões é desperdício. 'Tá faltando homem', analisou

Estadão.com.br,

08 de fevereiro de 2011 | 23h30

Em noite de paredão do Big Brother Brasil 11 (BBB 11), Rodrigão levou a melhor. Cristiano acabou saindo com 78% dos votos do público. Mais bonito, o modelo paranaense, de 22 anos, acabou ficando.

 

A estratégia do vencedor do segundo paredão, não segue nenhuma regra especial. "Tem que ser você mesmo e ter humildade. Isso vale muito mais que estratégia", disse o brother ao site oficial do programa.

 

Deixa o programa Cristiano, 33 anos, engenheiro de São Paulo. Sobre posar nu, Cristiano já adiantou ao site do BBB 11: "Tudo tem seu preço". Na saída, disse que deveria ter participado mais.

 

Como sempre, o apresentador Bial traçou uma linha de raciocínio e indagações desde o início do programa desta terça-feira, 8. Logo no primeiro bloco, Bial provocou sem muito retorno dos participantes: "De que vale a beleza, os músculos nessa hora fatal?"

 

No penúltimo bloco Bial disse que o "BBB Brasil ganhou uma face GLS indisfarçável". Com isso, o que ocorre é baseado na "lei da selva", comentou em seguida. "Tá faltando homem e tem esse paredão de gatões. Que desperdício", analisou.

Tudo o que sabemos sobre:
BBB 11paredão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.