Record TV estreia sua nova novela bíblica, 'Jesus', com Dudu Azevedo como protagonista

Record TV estreia sua nova novela bíblica, 'Jesus', com Dudu Azevedo como protagonista

Com ares de superprodução, trama escrita por Paula Richard tem primeiras imagens rodadas em Marrocos, na África

O Estado de S.Paulo

24 de julho de 2018 | 20h15

Nesta terça, 24, no mesmo dia em que a novela das 9, Segundo Sol, da Globo, dá início a uma agitada semana de revelações, a Record TV estreia sua mais nova superprodução bíblica, a novela Jesus, que será exibida de segunda a sexta-feira, a partir das 20h45. Prenúncio de uma disputa das boas pela audiência nessa faixa de horário. 

+++ Com trama ágil, autor de ‘Segundo Sol’ sela destino de protagonistas em apenas uma semana

A exemplo de outras tramas exibidas na emissora, Jesus reúne no elenco atores que fizeram fama na concorrente Globo. Dudu Azevedo interpreta o protagonista da história. Escrita por Paula Richard e com direção-geral de Edgard Miranda, Jesus teve suas primeiras imagens rodadas em Marrocos, na África. A cidade escolhida para a locação foi Ouarzazate, situada a quase 200 quilômetros de Marrakesh. A maioria das cenas foi gravada no Atlas Studios, onde grandes produções foram filmadas como Lawrence da Arábia e Game of Thrones.

Com uma história tão conhecida em mãos, a autora vai focar nas passagens pouco conhecidas e se aprofundar nos personagens que conviveram com Jesus. “Conseguimos trazer um Jesus mais humanizado. A gente colocou o Jesus no cotidiano, tiramos um pouco daquela aura mítica, daquela coisa que toda vez que Jesus vai falar, todos se calam”, disse o diretor.

O elenco conta com mais de 100 atores, como Adriana Garambone, Petrônio Gontijo, Mayana Moura, André Gonçalves, Nicola Siri, Vanessa Gerbelli, Larissa Maciel, Guilherme Winter, Beth Goulart, Maurício Mattar, Paulo Gorgulho, Jéssika Alves, Felipe Roque, Manuela do Monte, Fernando Pavão, entre outros. 

Com o novo trabalho, Dudu Azevedo contabiliza sua terceira novela bíblica. “Depois de fazer tantos trabalhos contemporâneos, contar histórias de outros períodos, de outras fases da humanidade, e contar histórias bíblicas tem sido muito interessante artisticamente”, afirmou o ator. “Procurei extrair de outros trabalhos aspectos mais relevantes, sem me deixar influenciar tanto pela atuação de quem já esteve nesse papel.”

Mais conteúdo sobre:
telenovela

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.