Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Scott Heppell/Pool via REUTERS
Scott Heppell/Pool via REUTERS

Rainha Elizabeth visita set de novela mais antiga do mundo

Ela se encontrou com alguns dos membros de longa data do elenco de 'Coronation Street' para saber como a novela lidou com as restrições para continuar filmando durante a pandemia de coronavírus

Michael Holden, Reuters

08 de julho de 2021 | 17h02

LONDRES -  A rainha britânica Elizabeth trocou o Palácio de Buckingham pelo pub fictício Rovers Return nesta quinta-feira, quando visitou o set de filmagem da novela há mais tempo no ar em todo o mundo, Coronation Street.



A rainha de 95 anos, que é a monarca mais velha do mundo e está há mais tempo no trono, foi recebida com saudações e aplausos ao chegar ao set e percorreu um tapete vermelho estendido sobre as famosas ruas de paralelepípedo do programa enquanto sua música-tema conhecida era tocada.

Ela se encontrou com alguns dos membros de longa data do elenco diante do Rovers Return Inn para saber como a novela lidou com as restrições para continuar filmando durante a pandemia de coronavírus.

"A senhora nos deu muito ânimo por ter vindo, obrigada, muito obrigada", disse Barbara Knox, que interpreta Rita Tanner regularmente desde 1972, à rainha.

"É maravilhoso que vocês tenham conseguido seguir adiante durante esta pandemia", disse Elizabeth.



"Foi a senhora quem seguiu adiante", respondeu William Roache, que detém o recorde de ator há mais tempo em uma novela e faz o papel de Ken Barlow desde o primeiro episódio.

Com seus enredos corajosos a respeito da vida em um distrito fictício de Manchester, cidade do norte inglês, Coronation Street se tornou uma instituição nacional desde que estreou em 9 de dezembro de 1960.

A rainha e o príncipe Charles, seu filho, fizeram uma participação especial para comemorar o 40º aniversário da atração no ano 2000.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.