Divulgação
Divulgação

Produtor de TV quer US$ 20 milhões de Charlie Sheen

Ator teria influenciado para impedir 'reality show' com membro da família

Estadão.com.br,

31 de março de 2011 | 10h58

Mais uma para Charles Sheen. Agora, o ator está sendo acusado por um produtor de televisão de destruir um projeto de reality show que focaria em um membro da família dele - o tio Joe Estevez, irmão mais novo do pai de Charlie.

 

Ed Meyer afirma que o astro de 45 anos interferiu intencionalmente nas relações contratuais e acusa o pai dele, Martin Sheen, e a esposa Janet, de participarem da conspiração para vetar o programa.

 

A ação aberta em Tribunal Superior de Justiça de Los Angeles na terça-feira, 29, afirma: "A partir de 4 de janeiro de 2010, o réu Carlos Irwin Estevez [nome de batismo de Charlie Sheen], junto com os co-conspiradores Martin Sheen e Janet Sheen, que não são participantes do reality show, agiram tortuosamente ameaçando, interferindo e restringindo o projeto do autor do reality show estrelado por seu parente Joe Estevez, intitulado ' Sheen Reality', destruindo assim as relações contratuais e prejudicando o autor Ed Meyer".

 

O produtor de TV pede pelo menos US$ 20 milhões em indenização. (As informações são do Bang Showbiz)

Tudo o que sabemos sobre:
charlie sheentwo and a half man

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.