Para ver sem preconceitos

Meryl Streep se diverte em 'Mamma Mia!' e faz público balançar os pés e chacoalhar os ombros

Etienne Jacintho, O Estado de S.Paulo

29 de novembro de 2008 | 21h31

Meryl Streep disse, em uma entrevista, que Mamma Mia! era o tipo de filme que ela faria para envergonhar suas filhas - mas ela não conseguiu atingir seu objetivo. Por mais que o musical - versão cinematográfica para o espetáculo da Broadway que chega dia 10 de dezembro em DVD - mostre a atriz em coreografias propositadamente constrangedoras ao som de sucessos do Abba, é impossível não balançar os pés, mexer a cabeça e chacoalhar de leve os ombros em frente à tela. Claro que também não é possível deixar de rir ao ver Meryl Streep fazendo passinhos ridículos, mas é um riso gostoso, não aqueles de vergonha alheia. Pelo menos para aqueles que assistirem ao musical sem preconceitos! Mamma Mia! traz à tona as lembranças da juventude de Donna (Meryl Streep), quando sua filha Sophie (Amanda Seyfried) decide convidar três ex-namorados da mãe para sua festa de casamento. O propósito é descobrir quem é seu pai. Os três candidatos a pai são interpretados por Pierce Brosnan, Colin Firth e Stellan Skarsgardt. Já o elenco feminino é reforçado pelas divertidíssimas Julie Walters e Christine Baranski, afinal, Meryl não poderia pagar mico sozinha.

Tudo o que sabemos sobre:
Meryl Streep'Mamma Mia!'

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.