Palmas para Laura

Laura Cardoso não costuma aparecer à toa em cena. Caminho das Índias, por exemplo, já tem uma coleção de cenas memoráveis da sua Laksmi, seja na divertida rabugice que cultiva na sala dos Ananda, no veneno que destila contra a nora Indira (Eliane Giardini) ou nos momentos em que se lembra do grande amor do passado, Shankar (Lima Duarte). Na última quarta-feira, mais um banho: Laksmi interrompe o julgamento do filho, Opash (Tony Ramos), levado aos "velhos do templo" pelo próprio pai, Shankar. É apenas uma amostra das cenas que ainda vêm por aí, protagonizadas pela trinca Laura, Tony e Lima. PATRÍCIA VILLALBA

O Estado de S.Paulo

14 de junho de 2009 | 00h14

Riso solto

http://tinyurl.com/myqmrw

Numa participação especial no seriado Sai de Baixo (1996), como uma senhora portuguesa, Laura não contém o riso diante das provocações de Miguel Falabella.

Mão pesada

http://tinyurl.com/nhmuzk

Bofetão de mãe dói, mas filha vilã não sente. Nesta cena de Mulheres de Areia (1993), Isaura (Laura Cardoso) se cansa das mentiras da gêmea má, Raquel (Glória Pires).

Dinheiro na mão

Laura Cardoso parece mesmo ser boa de briga, a julgar por essa verdadeira surra que ela dá em Dionísio Azevedo em cena de O Velho Nô, um dos teleteatros exibidos pela TV Cultura, em 1976.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.