Palavra de leitor

Nívea Maria sempre foi uma atriz sensível e de grande talento. Mas agora, em Caminho das Índias, no papel de mãe da Maya, está mostrando para nós o que é ser mãe com "M" maiúsculo. Um show de interpretação.

O Estado de S.Paulo

14 de março de 2009 | 22h18

Janina Decol

São Paulo,SP

Não sou torcedor do Corinthians, mas tenho de admitir que a volta do Ronaldo aos gramados deixou o jornalismo esportivo bem mais divertido. Meu medo é só que logo logo eu esteja escrevendo para reclamar da overdose de "Ronalducho" na TV.

Antônio Carlos Fontieri

São Paulo, SP

Damages é, de longe, uma das melhores coisas da TV paga. Intrigante, sem ser totalmente maluca, a série traz a maldade na dose certa. E ah, tem Glenn Close no comando, que me dá pavor só com um olhar. Sensacional.

Luísa Ribara

Luisarib@hotmail.com

Boa a pedalada que Fausto Silva deu em Malu Magalhães no Domingão do dia 8 de março. Ser desligada e tímida é uma coisa, sem boba ou pior, se fazer de boba é outra bem diferente... Chega a ser falta de respeito.

Leonor Kaupana Santos

Campinas, SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.