Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Pagode, funk, axé, rap e sertanejo terão espaço na 21ª edição do Prêmio Multishow

Evento será realizado nesta terça à noite no Rio de Janeiro

Cristina Padiglione , O Estado de S. Paulo

27 de outubro de 2014 | 19h17

Bem que era divertido traçar paralelos, por maiores que fossem as diferenças, entre as duas grandes premiações da música pop da TV. Mas o Prêmio Multishow, em sua 21ª edição, segue nesta terça-feira para o seu segundo ano sem a concorrência do VMB, o Video Music Brasil, promovido pela MTV dos idos em que o canal era administrado em sinal aberto, pelo Grupo Abril. Sem ter com quem polarizar, o Multishow aposta na linha que sempre pautou o repertório de sua premiação, abrindo o leque para todos os gêneros, agora com tributo aos anos 90. A premiação começa às 22 h, com transmissão ao vivo pela TV e pelo site do canal.

Ponto forte da casa, o humor domina a apresentação do programa, com Tatá Werneck e Paulo Gustavo, ao lado de Ivete Sangalo. Como não há script que prenda o trio, Didi Wagner fará as vezes de âncora, para trazer os três de volta ao eixo, sempre que necessário.

“Eu nunca me baseei na competição com o VMB”, diz ao Estado o diretor do Multishow, Guilherme Zattar. “A gente aqui sempre foi mais de fazer um pouquinho de cada coisa. Esse ano é um exemplo disso, é bem democrático.”

Zattar se refere aos números musicais que vão unir no palco representantes de um mesmo gênero, com ícones clássicos e seus discípulos, como Raça Negra, Molejo, Mumuzinho e Leandro Lehart em uma das apresentações, ou MC Guimê e Anitta contracenando com os veteranos do funk Buchecha e MC Marcinho. Em outro momento, Ivete Sangalo se apresenta com Daniel Mercury, É o Tchan e Terrasamba. Já os rappers Emicida, Projota, Gabriel O Pensador e BNegão dominam a cena em seu gênero, enquanto Zezé Di Camargo & Luciano, Daniel e Bruno & Marrone serão reverenciados pelos sertanejos da nova geração, Luan Santana e Gusttavo Lima.

Serão 16 categorias, no palco da Arena da Barra, no Rio. Como já ocorre há dois anos, o Prêmio Multishow terá a participação de dois júris. Um é chamado “especializado”, composto por jornalistas, críticos, músicos e profissionais da indústria fonográfica, e escolhe os vencedores em quatro categorias: versão do ano, novo hit, melhor clipe e música compartilhada. Já o superjúri, formado por dez profissionais especializados, escolherá os vencedores nas categorias de melhor disco, artista revelação, melhor show e nova canção. O debate do superjúri, com os argumentos que cercam cada escolha, será transmitido ao vivo pelo Canal Bis, pelo site do Multishow e pelo aplicativo do prêmio. 

“Foi um meio que a gente encontrou para não restringir a vitória sempre ao artista que tem o melhor fã-clube e consegue votar mais na internet”, explica Zattar. A votação aberta pela internet se mantém, mas agora podemos também premiar com outros critérios. A nova categoria, Melhor Clipe TVZ, terá votação do público, via twitter, durante a transmissão ao vivo do prêmio.

Zattar conta com um grupo que lhe presta uma curadoria de criação, função de Bruno Natal, Dudu Fraga e Pedro Garcia. Ao público, cabe escolher os melhores nas categorias de “cantor”, “cantora”, “grupo”, “música”, “show”, “experimente” e “música-chiclete”. 

Entre os indicados, somando todos os júris, estão Banda do Mar, Silva, O Terno, Boogarins, Alice Caymmi, Russo Passapusso, Racionais MCs, Ney Matogrosso, Gilberto Gil, Mahmundi, Marcelo Jeneci, Sexy Fi , Caetano Veloso, Nina Becker, Mc Pedrinho, Bonde do Rolê, Criolo, Thiaguinho, Nando Reis, Luan Santana, Lulu Santos, Diogo Nogueira, Ivete Sangalo, Paula Fernandes, Pitty, Marisa Monte, Claudia Leitte, Sorriso Maroto, Skank, Oba Oba Samba House, O Rappa, Turma do Pagode, Jota Quest e Só Pra Contrariar.

Destaque para a categoria música-chiclete, pela qual concorrem: Lepo-lepo (Psirico), Beijinho no ombro (Valesca Popozuda), País do Futebol (MC Guimê, com participação de Emicida), Caraca, Muleke! (Thiaguinho) e Cê Topa (Luan Santana). De fato, tem de tudo.

Tudo o que sabemos sobre:
Prêmio Multishowmúsicarock. axé

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.