Jessica Miglio/Netflix via The New York Times
Jessica Miglio/Netflix via The New York Times

‘Orange is The New Black’: relembre todas as temporadas da série de maior duração da Netflix

Produção sobre vida de mulheres presas chega ao final no dia 26 de julho

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de junho de 2019 | 07h00

Este texto contém spoilers de todas as temporadas de Orange is The New Black

*

Uma das primeiras grandes apostas da Netflix, Orange is The New Black chega ao fim no dia 26 de julho. A sétima e última temporada da produção acompanhará a protagonista, Piper Chapman (Taylor Schilling), em sua volta ao mundo externo após cumprir sentença. As outras personagens principais permanecem na prisão de Litchfield.

Baseada no livro autobiográfico Orange Is the New Black: My Year in a Women's Prison, de Piper Kerman, a série se propôs a acompanhar a história de mulheres que, por razões diversas, haviam sido presas na unidade federal de Litchfield. 

O fio que conecta todas as histórias é a protagonista Piper, presa por um crime de dez anos atrás: quando jovem, ajudou sua então namorada Alex Vause (Laura Prepon) a traficar drogas. No momento em que sua prisão é decretada, Piper vive uma vida completamente diferente e tradicional. Está noiva de um homem, Larry (Jason Biggs) e pretende abrir uma loja de sabonetes com sua melhor amiga, Polly (Maria Dizzia). 

Piper recebe uma sentença de 15 meses e é direcionada à prisão de Litchfield. Lá, reencontra Alex e conhece a dinâmica violenta das prisões americanas. 

Como preparação para os episódios finais de OITNB, o Estado preparou um resumo de todas as temporadas do seriado. Confira:

1ª Temporada - Conhecendo as mulheres de Litchfield

Orange is The New Black estreou no dia 11 de julho de 2013, com a famosa abertura ‘You’ve Got Time’, interpretada por Regina Spektor. A primeira temporada foca na adaptação de Piper à vida na prisão, seu relacionamento com Alex e a história pregressa das mulheres de Litchfield. 

Recém-chegada a Litchfield, Piper, uma mulher branca de classe média-alta na casa dos 30, tenta se adaptar a sua nova realidade. Privilegiada, é favorecida por seu conselheiro, Sam Healy, um racista e homofóbico inverterado com problemas no casamento. Por outro lado, sofre constantes ataques de suas colegas de prisão.

As personagens são apresentadas aos poucos, por meio de flashbacks – cada episódio usa o recurso para contar uma história. Red, por exemplo, é uma imigrante russa que foi presa após uma confusão com mulheres de famílias poderosas. Sophia é uma mulher transsexual que, antes de se descobrir como tal, era bombeiro casado e com filho. Aleida e Daya, mãe e filha, se envolveram romanticamente com o mesmo homem, um traficante.

Alguns arcos se destacam. O primeiro é a história de Sophia, que precisa tomar hormônios regularmente e sofre com a racionalização dos remédios imposta pela prisão. Outro é o de Miss Claudette, uma mulher que foi traficada ainda menina para pagar a dívida dos pais, obrigada a trabalhar como empregada doméstica e presa após assassinar um homem para proteger uma menina como ela.

Suzanne Crazy Eyes também é uma personagem importante. Adotada por pais brancos, sofre de problemas mentais e não é levada a sério por ninguém – nem mesmo por Piper. É uma personagem doce com uma história extremamente melancólica.

Drogas é um dos temas principais da primeira temporada. De um lado, existem as viciadas, geralmente brancas, em heroína. Por outro, várias personagens negras e latinas foram enviadas à prisão por tráfico ou posse de pequenas quantidades. 

Muita coisa na série gira em torno de relacionamentos: Nicky e Morello, Larry-Piper-Alex, e Daya e o guarda Benett, que fazem um filho. Para proteger o guarda, aliás, Daya finge ter sido estuprada por Pornstache, um guarda predatório que abusa das internas de Litchfield. 

A primeira temporada apresentou a diversidade que marcaria a história da série. Partes significativas das personagens principais são negras, latinas, e/ou bissexuais e lésbicas. 

2ª Temporada - Transferência para Chicago, fim do noivado e Vee

Depois de espancar brutalmente Pennastucky no fim da primeira temporada, Piper é transferida para uma prisão em Chicago. Ela pensa ter matado a companheira de prisão, mas na verdade foi levada para testemunhar no julgamento de Kobra, ex-chefe de Alex. Alex a convence a mentir no julgamento, mas fala a verdade em sua vez, o que deixa o relacionamento entre as duas ainda mais conturbado.

Em Litchfield, uma nova personagem surge. Vee, uma espécie de figura materna de Taystee, foi presa e passa a disputar forças com Red. As duas se conheciam de outras épocas na prisão. Vee manipula a psicologicamente frágil Suzanne, que se torna fixada por ela, e cria uma nova gangue.

Negras e latinas entram em guerra pelo único banheiro que funciona bem na prisão. Para ajudar a família, Red começa a traficar itens para dentro da prisão, com ajuda de seu filho Vasily. A tensão se adensa em Litchfield quando Caputo, diretor da prisão, impõe uma quota mínima de advertências para os guardas, que passam a castigar as detentas sem critério algum. 

No episódio 6, conhecemos a história de Poussey, uma das personagens mais amadas da série. Filha de um militar transferido para a Alemanha, ela se apaixona por uma garota local. As duas são flagradas pelo pai da garota, que usa seu poder para mandar a família de Poussey de volta para os Estados Unidos. Poussey quase o mata, mas seu próprio pai intervém. 

Larry trai Piper com sua melhor amiga, Polly, e o relacionamento dos dois chega ao fim. Red, agora apoiada pelo grupo de idosas da prisão, faz um plano para matar Vee, antes que seja morta por ela. Ele não funciona, e após um falso momento de paz, é espancada pela gangue da inimiga.

No meio tempo, Piper descobre esquemas de corrupção de Natalie Figueroa, mulher mais poderosa da administração de Litchfield. Ela perde seu posto, que é assumido por Caputo.

O guarda Benett finalmente admite ser pai do filho de Daya. Caputo esconde a confissão para impedir um escândalo em sua administração. Após ser desmascarada, Vee consegue escapar da prisão. É atropelada e morta por Rosa, presidiária com câncer terminal que rouba a van da prisão para morrer em liberdade.

3ª Temporada - A venda de calcinhas

Litchfield sofre com cortes de verbas e os guardas passam a fazer turnos de apenas meio período. A semi-vilã Pennastucky é humanizada, conforme sua história de vício em drogas e abortos é contada. Paradoxalmente, se torna uma grande amiga de Boo, lésbica que representa o que ela, até então, odiava. O guarda Benett, que parecia ser um ‘bom-moço’, foge da gravidez de Daya e nunca mais é visto.

Nicky volta a sofrer com seu vício em heroína e é enviada para a solitária. Enquanto isso, Piper e Flaca vencem um concurso e começam a trabalhar com a produção de lingeries dentro da prisão. Logo visualizam uma forma de deixar o negócio lucrativo e começam a vender calcinhas usadas por presidiárias para tarados na internet.

Em uma das cenas mais fortes da terceira temporada, Pennastucky é estuprada por Coates, um guarda pelo qual se apaixonou. Boo a ajuda a planejar uma vingança.

Soso, personagem introduzida na segunda temporada, enfrenta uma crise de depressão e é repetidamente tratada com medicação. Em um momento, sofre uma overdose e é salva por Poussey, Taystee e Suzanne. O relacionamento de Alex e Piper passa por crises quando Piper começa a se relacionar com Stella, uma nova presidiária.

A temporada termina com uma das cenas mais bonitas da série. Por uma brecha na cerca de segurança, as presidiárias de Litchfield conseguem chegar em um lago, onde nadam e têm alguns minutos de sensação de liberdade. Um romance entre Poussey e Soso começa ali.

 

4ª Temporada - Guardas despreparados e sádicos tomam Litchfield; Poussey é assassinada

A quarta temporada de OITNB chega um pouco mais sombria que as anteriores. Sob a administração de Caputo, a prisão de Litchfield contrata novos guardas, extremamente despreparados e violentos, comandados por Piscatella. A prisão passa, ainda, por problemas de superpopulação carcerária, com a chegada de uma grande leva de novas detentas.

Apesar da situação das outras presidiárias, a estrela de TV Judy King ganha um quarto especial e confortável. Alex e Lolly matam Aydin Bayat, um funcionário de Kobra, ex-chefe de Alex, enviado para matá-la. Com a ajuda da durona Frieda, esquartejam e escondem o corpo.

Os novos guardas são acomodados em uma residência dentro do perímetro da prisão. A tensão racial aumenta na prisão, com dominicanas se fortalecendo e a presença de novatas neonazistas. Taystee se torna assistente pessoal de Caputo.

Com o corte de custos, materiais básicos de higiene pessoal começam a faltar na prisão, e um mercado paralelo se fortalece. Os guardas passam a perseguir presidiárias negras e latinas. Após incriminar falsamente Maria, Piper percebe ter sido corrompida pelo poder.

Linda Ferguson, poderosa vice-presidente da MCC, empresa que gerencia a privatização do presídio de Litchfield, toma decisões que levam em consideração só o lucro e piora significativamente a vida das detentas. Ela passa a se relacionar sexualmente com Caputo.

O corpo de Aydin é encontrado e Piscatella começa a interrogar as detentas. As diferentes ‘famílias’ da prisão se unem para tentar derrubar o guarda. Elas fazem um protesto silencioso, ficando de pé em cima das mesas do refeitório. Nesse momento, Suzanne sofre um surto e Poussey tenta impedí-la. O guarda Bailey tenta separá-las e sufoca Poussey até a morte.

5ª Temporada - A rebelião

Após a morte de Poussey, as detentas de Litchfield iniciam uma rebelião. Daya atira no guarda Thomas Humphrey, que é salvo por Sophia. Piper e Alex ajudam Linda a se disfarçar como uma detenta. Taystee, melhor amiga de Poussey, se torna uma liderança enquanto tenta fazer justiça por ela.

As presidiárias tomam o controle de Litchfield e sequestram boa parte dos sádicos guardas. Em uma das cenas, os humilham em um palco. Taystee se desilude quando um discurso de Caputo sobre a morte de Poussey se torna piada nas redes sociais. 

Sobrevivente treinada por um pai conspiracionista, Frieda constrói um bunker secreto para se esconder durante a rebelião. Acaba recebendo outras detentas que fogem do perigo. 

A MCC, empresa que controla Litchfield, decide negociar com as presidiárias para proteger sua imagem. As detentas fazem uma lista de demandas, que incluem programas profissionais, mais cuidados de saúde, anistia para as envolvidas na revolta e a prisão do guarda Bayley, assassino de Poussey. Os guardas feitos de refém, por sua vez, planejam escapar e retomar o controle da prisão. 

Piscatella consegue inverter o jogo e emboscar as detentas. Ele amarra e tortura Red, Piper, Alex e outras. Frieda consegue detê-lo usando um dardo com veneno. 

Em uma retomada violenta, guardas invadem a prisão e atiram para matar. Um dos tiros acerta e mata Piscatella. Todas as detentas são capturadas e enviadas a outras prisões. As líderes da rebelião são enviadas à prisões de segurança máxima.

Relembre a última cena da quinta temporada de OITNB:

6ª Temporada - Liberdade

A sexta temporada de Orange is The New Black começa uma semana após o fim da rebelião em Litchfield. Os guardas responsáveis pela morte de Piscatella combinam uma versão que será dada durante as investigações, enquanto as presidiárias combinam outra, sabendo que ninguém acreditará nelas se disserem a verdade. Só Cindy e Suzanne sabem o que realmente aconteceu.

As dinâmicas da prisão de segurança máxima são ainda mais violentas. Os guardas organizam jogos sádicos com as detentas, provocando brigas entre elas. Daya é espancada com frequência. As detentas de Litchfield são separadas umas das outras e ficam sem apoio. Frieda tenta suicídio.

Aceitando que deverá passar o resto da vida na cadeia pelo tiro dado no guarda Humpfrey, Daya decide jogar as regras do jogo. Se torna namorada de Daddy, uma traficante poderosa na nova prisão, e passa também a usar drogas. 

Para obter resultados rápidos, o governo decide fazer uma investigação falsa em relação ao assassinato de Piscatella. O importante não é descobrir responsáveis, mas responsabilizar alguém. Autoridades decidem ‘sortear’ duas acusações de assassinato (prisão perpétua) e três acusações de rebelião entre dez detentas.

Na segurança máxima, duas irmãs, Carol e Barbara, vivem uma guerra entre si, envolvendo quase todas as outras detentas. Quando Piper consegue permissão para organizar jogos de Kickball na prisão, Carol e Barbara armam suas gangues para um conflito fatal. O plano falha, e no fim só as duas morrem.

Piper, Sophia e Blanca recebem a notícia de que serão liberadas da prisão previamente. Piper se casa com Alex, sob a benção de Nicky. 

No momento da liberação, Piper e Sophia reencontram suas famílias. Blanca, por sua vez, é levada em custódia por ser imigrante ilegal.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.