O melhor, segundo George Lucas

O Corcel Negro. Com Mickey Rooney. No Telecine Cult, às 17h10. Reprise, cor, 118 min

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

11 de janeiro de 2009 | 00h47

Pergunte ao próprio George Lucas e ele dirá que Carroll Ballard é o melhor cineasta de sua geração, a de Francis Ford Coppola, Steven Spielberg e Martin Scorsese. Carroll quem? Completam-se em 2009 exatamente 30 anos que Ballard dirigiu seu primeiro longa, após uma série de documentários e filmes educativos.O Corcel Negro, de 1979, foi seguido em 1983 por Os Lobos não Choram, em 1994 por Wind - A Força dos Ventos e em 1996 por Voando para Casa. Ballard reinventou os filmes de animais. Fez obras para crianças que cativam também o público adulto.Os Lobos não Choram seria o filme que Jack London teria feito, caso filmasse (e não escrevesse) Caninos Brancos. O Corcel Negro conta a história de garoto que é salvo de um naufrágio pelo cavalo do título. Juntos, participam de uma corrida no deserto. Desde as primeiras imagens do mar revolto pela tempestade até o outro mar - de areia - do deserto, cada cena de O Corcel Negro parece destinada a permanecer na memória. E existem a história da amizade do menino e seu treinador, a do menino e seu cavalo. O Corcel Negro é maravilhoso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.