Victor Silva
Victor Silva

Nova série do SBT e do Disney Channel traz boy band em busca do estrelato

‘Z4’ tem Werner Schunemann como um produtor musical em decadência

Pedro Rocha, Especial para o Estado

25 de julho de 2018 | 06h00

Mais de 15 anos após criar os grupos Rouge e Br’oz, o canal SBT se prepara para lançar um novo conjunto jovem, desta vez na ficção, com a série Z4, criada pela produtora Formata e feita em parceria com o Disney Channel. Na série, um empresário de sucesso, que não vive os seus melhores dias, decide formar uma nova boy band, com o intuito de criar um novo fenômeno musical. A estreia é nesta quarta-feira, 25, às 21h45, no SBT, e dia 30 no Disney Channel.

Para dar vida ao empresário Zé Toledo, o escalado foi Werner Schunemann, que se encantou pelo papel logo de cara. “Já tive uma banda de rock e tenho uma ligação forte com a música”, revela ao Estado. Zé é durão e de uma rigidez quase militar, mas rende alívios cômicos. “Ele é um personagem muito engraçado, uma vertente de atuação que não tenho feito tanto.”

Ao encontrar os quatro membros da Z4, Toledo tenta aplicar seu métodos dos anos 80 para fazer sucesso, mas vai precisar ouvir os jovens talentos para se adaptar ao mundo atual e digital. “Ele entende que precisa ouvir os meninos e é uma postura muito legal”, afirmar Werner, que afirma que ele próprio também ouviu muito os jovens atores que formam a banda da ficção. “Eles têm a idade dos meus filhos. Ouço muito e me coloco como aprendiz. É uma troca.” 

++ ‘Nat Geo Lab’ estreia sob o comando da youtuber Paula Stephania

Ao pensar em produtores musicais de sucesso dos anos 80, alguns nomes brasileiros podem vir à mente, mas segundo o criador da série, Newton Cannito, a inspiração vem de fora. “Pensamos num produtor americano”, afirma. Segundo ele, a ideia da série na verdade não veio do produtor, protagonista da história, e sim dos jovens. “A Formata já tinha o casting de jovens garotos e queria desenvolver uma série”, revela o roteirista.

Um desses jovens é o youtuber Pedro Rezende, de 21 anos, do canal RezendeEvil, que conta com mais de 18 milhões de inscritos. Na série, em seu primeiro papel fixo na TV, ele também vive um influenciador digital que é recrutado por Zé Toledo. “O personagem é bem parecido comigo”, confessa. “Ele topa participar da banda porque acredita ser um trampolim para aumentar a popularidade do seu canal.” Segundo Rezende, o personagem vai encarar um dilema, entre o seu canal no YouTube e a banda.

Entre os desafios do seu primeiro grande papel, o maior, para ele, foi dançar. “Foi difícil, mas depois fui pegando o jeito. Os outros meninos me ajudaram.” Atuar e cantar não foram problemas. “Atuar foi tranquilo, já faço isso no meu canal. Cantar também, já havia gravado em estúdio antes.”

A série tem ainda entre os seus protagonistas a jovem Pâmela, vivida pela cantora Manu Gavassi, a filha de Zé e coreografa da banda. “Ela ajuda o pai, é a razão enquanto ele é a emoção. É uma espécie de musa inspiradora dos meninos.” É por conta de Pâmela, aliás, que a Z4 vai ganhar um vilão, o seu ex-namorado Felipe Vasques (Diego Montez), um DJ que culpa a banda pelo fim do relacionamento. 

Para Manu Gavassi, de 25 anos, que já atuou em novelas antes, este novo papel tem um gosto especial. “As séries jovens do SBT e da Disney tiveram uma importância grande na minha vida, é um sonho participar dessa.” Questionados, tanto elenco quanto o criador da série já esperam por uma segunda temporada. “Essa temporada é apenas sobre o surgimento da banda”, afirma Newton Cannito. “Depois do sucesso surgem vários problemas e nós plantamos algumas questões que podem voltar em novas temporadas.”

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.