'Nós somos o laboratório da MTV'

Atento ao público jovem, site do canal contrata autores de vídeos que são sucesso na internet

Gustavo Miller, O Estado de S.Paulo

31 de janeiro de 2009 | 21h54

Apesar dos tempos de crise, de recessão e de todos aqueles termos econômicos que não significam lá boa coisa, como alavancagem e securitização, a MTV Brasil está contratando. Calma, não é caso de mandar o currículo para a sede da emissora musical. O canal está de olho na "geração YouTube". Tanto é que, nos últimos meses, contratou um grupo de produtoras independentes, com trabalhos que já podem ser vistos no programa Portal MTV.O programete de 15 minutos, que vai ao ar de segunda a quinta-feira à 0h15, entrou no lugar do MTV.com.br. Tal qual a atração anterior, Portal exibe os vídeos de maior sucesso do site do canal. A diferença é que antes só entravam trechos dos vídeos - atualmente, eles são exibidos na íntegra. "Agora a gente trata a internet com o respeito que ela merece", diz Mauro Bedaque, gerente de Conteúdo do Portal MTV. "Nossa intenção é trazer produções independentes para o site e, consequentemente, para a TV. Somos o laboratório da MTV", completa.Ao dizer "laboratório", Bedaque explica melhor. "A internet está moldando a grade da MTV. É uma mudança relacionada a uma nova maneira de falar com a audiência."Como exemplo, pode-se pegar o programa Podsex. No início, era um podcast (rádio online) do site. Depois, um vídeocast (programa online). Sucesso virtual, a atração entrou na TV na programação especial de verão. Outro que pula o muro é o blogueiro Didi Ferreira. No comando de um programete no site, ele se tornará repórter do canal em março, no telejornal humorístico Furo MTV.Remunerados, os novos contratados, como as produtoras Badalhoca Pictures e a TV Tosco, abastecem o site não somente com produtos musicais. Segundo Bedaque, há parcerias com produtoras jornalísticas e documentais de todo o Brasil. Também estão sendo feitas alianças com internautas de outros países, como Nina Speranza, de Barcelona, que fará vídeos sobre a cultura catalã.

Tudo o que sabemos sobre:
Tv & Lazermtvyou tube

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.