Nos EUA, principais séries retornam à TV

Nas últimas semanas, estréias e novas temporadas agitaram a programação nos EUA

Etienne Jacintho, O Estado de S.Paulo

06 Outubro 2007 | 22h24

A semana passada foi um prato cheio para os fãs de série nos EUA. Estréias agitaram as noites e tive a oportunidade de conferir lá algumas delas. Desperate Housewives voltou. E Edie não morreu! Ela só queria chamar a atenção. Destaque para Bree com um garfo de churrasco espetado na barriga falsa. Já Heroes teve um início de ano - dois episódios já foram exibidos por lá - que foi um balde de água fria na adrenalina dos últimos capítulos da primeira temporada. Não que sejam ruins, mas falta aquele ritmo alucinado. Mesmo assim, Heroes é igual a chocolate: mesmo quando é ruim, é bom! Brothers & Sisters recomeçõu com um novo baque para Sally Field e o segundo episódio promete um mar de lágrimas. E Grey?s Anatomy, como sempre, não deixou nada a desejar para os fãs. A quarta temporada e a nova série da dra. Addison, Private Practice, estouraram em audiência. Estreantes ?Pushing Daisies? obteve as melhores críticas e estreou bem. O charmoso show tem visual parecido com o do filme ?O Fabuloso Destino de Amèlie Poulain?. ?Chuck? é engraçadinho e traz um nerd vivendo dias de James Bond. ?Cane? promete ser ?Sopranos? e tem uma pitada de ?Dallas?: uma família cubana, um império e crimes. As séries mais vistas da semana retrasada foram: ?CSI?, ?Grey?s Anatomy?, ?Desperate Housewives?, ?Without a Trace?, ?House? e ?Heroes? e ?Private Practice?.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.