CHRIS PIZZELLO/INVISION/AP
CHRIS PIZZELLO/INVISION/AP

Netflix quer superar HBO no 70ª edição do Emmy

Festa que vai escolher os melhores da TV terá, pela primeira vez, mais indicações da Netflix

Lisa Richwine, REUTERS

16 Setembro 2018 | 22h31

A próxima batalha na guerra entre plataformas de streaming e canais de TV acontecerá nesta segunda-feira, 17, no palco do Emmy – que chega à sua da 70ª edição –, quando a Netflix pretende encerrar o reinado de 16 anos da HBO como maior vencedora da premiação.

Pela primeira vez, a Netflix chegará à cerimônia com mais indicações do que qualquer outra rede, 112. Entretanto, a HBO, propriedade da AT&T, levará sua série Game of Thrones, que recebeu 22 das 108 indicações do canal.

As duas redes competirão pelos maiores prêmios da televisão norte-americana, enquanto o canal a cabo FX, o canal aberto NBC e os serviços online Hulu e Amazon Prime Video, lutam para destacar seus programas em um oceano de opções.

“Isso significa muito para todos esses participantes, todos eles em uma hipercompetição neste momento para atrair nossa atenção”, disse Peter Csathy, fundador e presidente de consultoria e desenvolvimento de negócios da empresa Creatv Media.

A HBO e a Netflix vêm disputando audiência desde 2013, quando o serviço de streaming lançou House of Cards, suspense político que estabeleceu a plataforma como uma produtora de conteúdo de TV de alta qualidade. Por muito tempo, a HBO dominou esse espaço com séries aclamadas como Família Soprano e Sex and the City.

Desde então, a Netflix expandiu seu catálogo em uma ampla variedade de gêneros, o que ajudou a aumentar seu número de indicações com atrações como o reality show Queer Eye.

A 70ª edição do Emmy terá a apresentação de Colin Jost e Michael Che, do programa Saturday Night Live, que vem subindo sua audiência na TV norte-amaricana com suas esquetes sobre o presidente Donald Trump em sua 43ª temporada. Os prêmios serão entregues em cerimônia transmitida no Brasil ao vivo pela TNT, a partir das 20h. Uma reapresentação será exibida terça, a partir das 8h, no mesmo canal. 

Mais conteúdo sobre:
HouseNetflix

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.