Suzanna Tierie/Netflix
Suzanna Tierie/Netflix

Netflix anuncia nova série policial brasileira, 'Bom dia, Verônica'

Baseada no romance policial brasileiro homônimo, produção tem Tainá Müller, Eduardo Moscovis e Camila Morgado no elenco

Julliana Martins, Especial para o Estado

17 de setembro de 2019 | 13h18

A Netflix anunciou nesta terça-feira, 17, a produção da nova série brasileira Bom dia, Verônica. A história é baseada no romance policial brasileiro de mesmo nome que, de início, causou curiosidade nos fãs a respeito de sua autoria, assinada pelo pseudônimo Andrea Killmore. No fim de agosto, o Estado desvendou esse mistério e revelou antecipadamente que a dupla Ilana Casoy e Raphael Montes foi a responsável pelo livro, que já vendeu mais de 10 mil exemplares.

Com os atores Tainá Müller, Eduardo Moscovis e Camila Morgado no elenco, a série vai contar a história de Verônica Torres (Tainá Müller), uma secretária de polícia que trabalha em uma delegacia de Homicídios de São Paulo. Casada e com dois filhos, sua rotina acaba interrompida quando testemunha o chocante suicídio de uma jovem na mesma semana em que recebe uma ligação anônima de uma mulher desesperada pedindo ajuda. 

É a partir desse momento que, com a bagagem dos casos que vê na delegacia, Verônica se vê investigando as duas vítimas: uma moça que caiu em um golpe na internet e Janete (Camila Morgado), a esposa do policial de alta patente Brandão (Eduardo Moscovis). Nessa busca, de acordo com a sinopse da série, a personagem se depara com um mundo paralelo e perigoso, que coloca a sua família e a si mesma em risco.

No roteiro, os autores do livro participam da adaptação junto com Gustavo Bragança, Davi Kolb e Carol Garcia. José Henrique Fonseca faz, além da direção geral, a produção executiva, da qual também fazem parte Eduardo Pop e os escritores. A produção é da Zola Filmes e o restante do elenco é composto por nomes como Elisa VolpattoSilvio Guindane, César Melo, Adriano Garib e Antônio Grassi. A data de lançamento está prevista para 2020, mas ainda não foi confirmada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.