Epitácio Pessoa/AE
Epitácio Pessoa/AE

Mudanças na TV Cultura elevam temperatura no Twitter

Notícias de demissões em massa e corte radical na programação agitam internautas

estadão.com.br,

04 Agosto 2010 | 14h48

A TV Cultura divulga nota oficial comentando as notícias que circulam na internet sobre as mudanças que a nova gestão da emissora está planejando. A assessora Léia Alves, disse ao estadão.com.br que "a direção da emissora não pretende fazer demissões em massa" e sobre as mudanças na programação, afirma apenas que estão sendo realizados estudos de reestruturação que serão apresentados primeiro ao conselho curador, em outubro, e só depois ao público em geral.

 

Notícias de que o novo presidente da TV Cultura João Sayad teria assumido a emissora com a missão de reduzir significativamente a produção de programas, e cortar 80% dos funcionários, que passariam de 1.800 para 400, lotaram o Twitter de comentários. As informações foram publicadas no blog de Daniel Castro no site R7.

 

Segue a nota oficial da TV Cultura:

 

Em face às recentes notícias publicadas sobre a TV Cultura, informamos que:

A TV Cultura é patrimônio querido dos paulistas e brasileiros, com um acervo de ótimos programas e vários artistas e jornalistas de sucesso que começaram aqui, mas que precisa se renovar. Perdeu audiência, qualidade e se tornou cara e ineficiente.

Esta é a proposta de renovação que a Administração levará ao Conselho da Fundação Padre Anchieta: a revitalização dos programas admirados, a modernização dos processos administrativos, bem como dos equipamentos, e contando com os talentos que a emissora possui e com a contratação de novos apresentadores e jornalistas.

 

 

 

 

Mais conteúdo sobre:
TV CulturaSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.