Acervo Estadão
Acervo Estadão

Morre Xênia Bier, influente apresentadora de TV nos anos 1980

A paulistana Xênia Bier nasceu Vilma Barreto, em 1935, e fez sua carreira na televisão, passando por diversas emissoras

Eliana Silva de Souza, O Estado de S.Paulo

24 de agosto de 2020 | 14h00

Morreu nesta segunda-feira, 24, a apresentadora Xênia Bier, em São Paulo. Ela sofria do Mal de Alzheimer e estava internada há dois meses em uma clínicae sucumbiu, mas a evolução da doença acarretou perdas em sua função pulmonar. Segundo a família, Xênia fez o pedido de ser cremada. Não há informações ainda sobre o velório. 

A paulistana Xênia Bier nasceu Vilma Barreto, em 1935, e fez sua carreira na televisão, passando por diversas emissoras. A jornalista teve importante participação em diversos programas, sempre analisando temas atuais e polêmicos. 

Além de se notabilizar por seus comentários nos programas de variedades, Xênia também tentou a carreira de atriz, participando de algumas produções da TV Cultura, em novelas como As Professorinhas, Escrava do Silêncio e O Moço Loiro. Mas seu forte foi mesmo dar sua opinião sobre temas variados, na Band, comandou o Xênia e Você, mas ganhou o público com sua participação no TV Mulher, da Globo, entre 1981 e 1984. Mas passsou também pelo Mulher 88, da TV Manchete, e o tradicional Mulheres, da TV Gazeta, AP lado de Ione Borges.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Xênia Biertelevisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.