REUTERS/Lucas Jackson/File Photo
REUTERS/Lucas Jackson/File Photo

Morre o chef e apresentador americano Anthony Bourdain aos 61 anos

Crítico gastronômico cometeu suicídio no quarto de hotel que estava hospedado no nordeste da França

O Estado de S.Paulo

08 Junho 2018 | 08h47

NOVA YORK - Morreu nesta sexta-feira, 8, o chef, crítico gastronômico e apresentador Anthony Bourdain. O falecimento foi confirmado pela CNN, emissora para qual o americano trabalhava. Ele tinha 61 anos.

Em declaração, a CNN afirma que o chef cometeu suicídio no quarto de hotel em que estava hospedado, em Kaysersberg, no nordeste da França. O americano estava na região para gravar um episódio de sua famosa série Parts Unknown, vencedora de cinco Emmys. Seu corpo foi encontrado pelo chef fracês Eric Ripert, seu amigo de longa data, nesta manhã. 

+ Conheça a história de Bourdain, chef que fez fama mostrando a comida do mundo 

A promotoria francesa confirmou à agência EFE que a causa da morte foi enforcamento. Christian de Rocquigny du Fayel, promotor da cidade de Colma, se limitou a dizer que o suicídio por enforcamento, no hotel, Le Chambard, na região da Alsácia, ocorreu "sem que nada leve a suspeitar no momento da intervenção de uma terceira pessoa". 

"É com extraordinária tristeza que confirmamos a morte de nosso amigo e colega, Anthony Bourdain. Seu amor por aventuras, novos amigos, boa comida e bebida e suas notáveis histórias sobre o mundo fizeram dele um contador de histórias único", declarou a CNN. "Nossos pêsames e orações para a filha e a família neste difícil momento."

Chefs e personalidades lamentam a morte de Anthony Bourdain

Mais conteúdo sobre:
Anthony Bourdain

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.