AFP
AFP

Morre Joe Alaskey, a voz de personagens como Patolino e Pernalonga

Ator foi um dos pioneiros na dublagem de desenhos animados

AFP

05 de fevereiro de 2016 | 10h18

Joe Alaskey, a voz por trás de alguns dos personagens de desenhos animados mais queridos dos últimos tempos, incluindo o Patolino, Pernalonga e Piu-piu, morreu aos 63 anos, na noite de quarta-feira, 3.

Alaskey, que lutava contra um câncer, foi, na década de 80, um dos sucessores do pioneiro das dublagens dos desenhos animados, Mel Blanc, conhecido como o "Homem das mil vozes".

Em 2004, Alaskey venceu o Emmy de Melhor Performance por Duck Dodgers, uma série de desenho animado do Cartoon Network.

Além de dublar personagens do Looney Tunes, ele também emprestou seu talento a outros papéis, fazendo a voz do presidente americano Richard Nixon no filme vencedor do Oscar Forest Gump e de Jackie Gleason em King of the World.

Recentemente, Alaskey realizou a narração da série Murder Comes to Town.

O roteirista para TV Mark Evanier, que conhecia Alaskey, prestou uma homenagem ao ator em seu blog, descrevendo-o como um homem que aprendeu, ainda cedo, que "poderia superar grande timidez ao se tornar outra pessoa".

Evanier disse que trabalhou com o nova-iorquino e que, com frequência, fazia convites para que participasse de um painel de discussões. Para ele, o maior desafio era descobrir a voz que seu colega deveria representar.

"A que eu mais gostava era a que soava como Joe Alaskey. Ele teve uma longa, longa lista de vozes, mas esta é a que eu mais vou sentir falta", escreveu.

Tudo o que sabemos sobre:
PernalongaRichard NixonJackie Gleason

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.