Morre Don Pardo, voz do 'Saturday Night Live'

Narrador, que tinha 96 anos, apresentava os comediantes que estariam no programa todas as semanas desde 1975

AP

19 de agosto de 2014 | 11h25

Poucos o reconheceriam, mas a maioria dos americanos sabe de cor a sua voz: Don Pardo, o barítono que por quatro décadas apresentou o Saturday Night Live, um dos programas mais populares da TV americana, morreu nesta segunda-feira, 18, no Arizona, aos 96 anos.

Pardo apresentou noticiários, programas de TV e de rádio por mais de 60 anos nos EUA. Na versão original de Jeopardy! (1965-1975, com Art Fleming), suas respostas à pergunta "Diga o que eles ganharam, Don Pardo" viraram uma parte memorável do programa.

E ele era parte fundamental do Saturday Night Live ao anunciar toda semana os apresentadores de cada edição. Jimmy Fallon, ex-integrante do programa, diz que "nada é parecido com o momento em que Don Pardo diz o seu nome". Entre os comediantes apresentados por Pardo ao longo de sua carreira no show estão Bill Murray, Adam Sandler, Will Ferrell, Eddie Murphy e muitos outros.

Dominick George Pardo nasceu em Massachusetts, em 1918. Ele começou sua carreira numa rádio em Rhode Island, e aos 24 anos já era contratado da NBC. Trabalhou anunciando notícias do front da Guerra e mais tarde com programas da rede.

Em 1975, começou a apresentar o Saturday Night Live e se manteve assim até depois de sua aposentadoria, em 2004. Nos últimos anos, ele gravava suas participações de casa, onde morreu "em paz" na segunda-feira, de acordo com sua filha Dona Pardo.

Em 2010, ele foi induzido ao Hall da Fama da Academia de Artes e Ciências. Pardo deixa cinco filhos.

Tudo o que sabemos sobre:
Don PardoSaturday Night Live

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.