Divulgação
Divulgação

Moda para todas as tribos

Gastão Moreira mostra como diferentes ritmos criam estilos diversos nas ruas do País

Etienne Jacintho, O Estado de S.Paulo

21 de junho de 2009 | 00h33

Quando o cantor britânico David Bowie surgiu travestido de Ziggy Stardust, lançou o glam, moda que tomou as ruas na década de 1970. Em contraponto, na mesma época e lugar, os Sex Pistols influenciavam outros jovens, com o visual punk. Música e moda andam juntos. Essa é a ideia da nova atração da Fashion TV, Moda e Música, que estreia sexta-feira, às 21h30, com apresentação de Gastão Moreira - que bateu adversários como Fábio Massari na função.

O Moda e Música é uma parceria da Fashion TV e Luminosidade, a empresa de Paulo Borges, com a produtora independente Cravo e Canela. A série vai contar, em 13 episódios, as influências musicais na moda e no comportamento jovem, com videoclipes, depoimentos e até um editorial de moda para mostrar os diferentes estilos. Do rock à disco, a atração não vai ignorar a moda mais inusitada, impulsionada pelo funk carioca ou pelo reggae praiano.

"Público de TV paga não é o mesmo público que compra revista de moda", fala Daniel Conti, diretor da Fashion TV Brasil. "Esse é o melhor conceito para mostrar para a audiência que ela pode, sim, dialogar com a moda." Para Conti, a ideia é fazer o público entender que faz parte da moda por meio do comportamento musical.

Ele acredita que essa tática de levar o conceito de moda ao público comum é a tendência da TV. Tendência essa que gerou o Tamanho Único, no GNT, por exemplo, em contrapartida ao GNT Fashion, para entendidos de moda.

Em São Paulo, Gastão já gravou em lugares emblemáticos da cultura musical como a Galeria do Rock, a Igreja do Largo da Batata (góticos) e no Largo São Bento (punk).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.