Shannon Stapleton/ Reuters
Shannon Stapleton/ Reuters

Millie Bobby Brown, de 'Stranger Things', combaterá o bullying em nova função na ONU

Atriz de 14 anos foi está na lista das 100 pessoas mais influentes do mundo da revista 'Time'

Umberto Bacchi  , Reuters

20 Novembro 2018 | 17h26

A atriz britânica Millie Bobby Brown, estrela adolescente da série dramática Stranger Things, foi nomeada a mais jovem embaixadora da boa vontade da história para a agência de proteção às crianças das Nações Unidas, a Unicef, nesta terça-feira, 20. Ela deverá abordar os assuntos bullying e pobreza em seu novo papel. 

A atriz de 14 anos, que foi a pessoa mais nova a figurar na lista das 100 pessoas mais influentes do mundo da revista Time, foi apontada para o papel na sede da ONU para marcar o dia mundial da Criança, disse a agência. 

“É um sonho realizado”, disse Brown em nota. “Estou ansiosa para me encontrar com todas as crianças e jovens que conseguir, para ouvir suas histórias, e falar em nome deles.”

Brown foi indicada duas vezes para o Emmy por seu papel na série Stranger Things, da Netflix, que acompanha o caso de um garoto desaparecido chamado Will em uma pequena cidade no Estado norte-americano de Indiana nos anos 1980. 

Brown, que na série interpreta uma garota chamada Eleven, que tem super poderes e ajuda a resgatá-lo, já falou no passado sobre o bullying e no ano passado apagou sua conta no Twitter depois de uma onda de comentários odiosos contra sua pessoa.

A Unicef disse que em seu novo papel ela irá ajudar a criar consciência para os direitos da criança e para outras questões ligadas aos jovens, incluindo o acesso à educação, o impacto da violência, bullying e pobreza. 

“As crianças são os principais defensores de si mesmas. Eu sei que Millie irá utilizar sua paixão e sua dedicação para defender os direitos de crianças em situação de vulnerabilidade e dos jovens em todo lugar do mundo”, disse Henrietta Fore, diretora executiva da Unicef em um comunicado. 

Brown se junta a uma lista de embaixadores da boa vontade da Unicef que inclui o ex-capitão da seleção inglesa de futebol David Beckham, os atores Orlando Bloom, Jackie Chan e Liam Neeson e os cantores Ricky Martin e Shakira. 

 

Mais conteúdo sobre:
Millie Bobby Brownbullying

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.