Divulgação
Divulgação

Michael C. Hall diz que está triste e aliviado com o final de 'Dexter'

Ator afirmou que a série pode levar as pessoas a questionarem suas relações com a família e com o próprio lado sombrio

EFE

03 de outubro de 2013 | 19h16

O ator Michael C. Hall, protagonista da série Dexter, que chegou ao final recentemente depois de oito temporadas, disse nesta quinta-feira (3) que sente "tristeza" e "alívio" por ter terminado a viagem em que embarcou há quase uma década.

"É uma mistura de sentimentos", afirmou o ator durante um evento de promoção do novo filme em que atua, Kill Your Darlings (com lançamento no Brasil previsto para fevereiro de 2014). Nos EUA, o filme inspirado na geração beat da literatura norteamericana estreia no próximo dia 16. Daniel Radcliffe e Dane DeHaan também estão no elenco.

"Por um lado é difícil dizer adeus à família de atores e equipe com quem trabalhei por tanto tempo, mas também sentimos orgulho de ter contado a história que queríamos sem ter forçado nada", comentou Hall no programa Q, da Public Radio International. "Estamos satisfeitos."

Dexter, apresentada pelo canal Showtime, veiculou seu episódio final no dia 22 de setembro, com uma audiência recorde de 2,8 milhões de telespectadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.