Jordan Strauss/Invision for The Weinstein Company/AP Images)
Jordan Strauss/Invision for The Weinstein Company/AP Images)

Meryl Streep vai estrelar musical da Netflix ao lado de Nicole Kidman e Ariana Grande

A trama da série se centra em quatro figuras dos musicais da Broadway que, após o fracasso de um espetáculo, buscam uma causa para retomar suas carreiras

Los Angeles (EUA), EFE

25 de junho de 2019 | 17h55

Meryl Streep, Nicole Kidman e Ariana Grande farão parte do elenco do musical The Prom, que o diretor Ryan Murphy prepara para a Netflix, informou nesta terça-feira o site especializado Deadline.

Como produtor, roteirista e diretor, Murphy, um dos grandes nomes da televisão nos últimos anos, deixou sua marca em séries como Glee, American Horror Story, American Crime Story e Feud.

Murphy, que em 2018 assinou um acordo com a Netflix para desenvolver diferentes projetos para a plataforma digital, dirigirá e produzirá este filme, uma adaptação do musical The Prom, e que terá no elenco James Corden, Awkwafina, Keegan-Michael Key e Andrew Rannells.

A trama de The Prom se centra em quatro figuras dos musicais da Broadway (que no filme serão interpretadas por Streep, Corden, Kidman e Rannells) que, após o fracasso de um espetáculo, buscam uma causa para retomar suas carreiras.

O plano começa a dar fruto quando encontram uma menina de Indiana (EUA) que não pode ir ao baile de formatura de sua escola porque não a deixam ir à festa acompanhada de sua namorada.

O Deadline indicou que as estrelas que estão no elenco do filme se uniram sem hesitar a este projeto pelas ideias de inclusão e tolerância do roteiro.

A ideia de Murphy é começar a rodar este longa-metragem em dezembro para que estreie no final de 2020, primeiro nos cinemas e depois na Netflix, de maneira que possa concorrer ao Oscar de 2021.

The Prom unirá novamente os caminhos de Streep, detentora de três Oscar, e Kidman, que tem uma estatueta da Academia de Hollywood, após trabalharem em Big Little Lies, aclamada série da HBO que atualmente está na segunda temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.